Bolsa Nasdaq e S&P500 sobem pela quinta sessão à espera da subida dos juros

Nasdaq e S&P500 sobem pela quinta sessão à espera da subida dos juros

O Dow Jones aproxima-se de um novo máximo histórico, antes de a Reserva Federal anunciar a terceira subida dos juros este ano.
Nasdaq e S&P500 sobem pela quinta sessão à espera da subida dos juros
Bloomberg
Rita Faria 13 de dezembro de 2017 às 14:38

As bolsas norte-americanas abriram em alta esta quarta-feira, 13 de Dezembro, dia em que termina a última reunião de 2017 da Reserva Federal dos Estados Unidos, e depois da vitória democrata nas eleições para o Senado no Alabama.

 

Em alta pela quinta sessão consecutiva, o S&P500 ganha 0,15% para 2.664,11 pontos, enquanto o Dow Jones valoriza 0,11% para 24.532,15 pontos, aproximando-se de um novo recorde. Já o Nasdaq, que fechou em baixa na sessão de ontem, soma 0,36% para 6.887,07 pontos.

 

O mercado antecipa que a Fed vai anunciar a terceira subida dos juros este ano, devendo a taxa directora ser aumentada em 25 pontos base para o intervalo entre 1,25% e 1,5%. Além disso, os investidores aguardam por indicações do banco central sobre o impacto esperado da reforma fiscal da administração Trump na economia norte-americana.

 

O mercado procura antecipar como é que o banco central vai balançar a retirada progressiva dos estímulos à economia com a baixa inflação e o crescimento moderado dos salários.

 

A decisão sobre os juros e as mais recentes projecções económicas serão divulgadas às 14:00 horas locais (19:00 horas de Lisboa).

 

Esta evolução das bolsas acontece também depois de mais um revés para o presidente dos EUA com a derrota de Roy Moore nas eleições do Alabama para o Senado. Moore, acusado de abuso sexual por oito mulheres, foi apoiado por Trump mas acabou por perder a corrida para o democrata Doug Jones.

 

Com a vitória de Jones, os republicanos vêem reduzida a estreita maioria na câmara alta norte-americana, que agora passa a ser de 51 em 100 lugares.

As acções da Finisar disparam 27,62% para 24,62 dólares, depois de Apple ter avançado que pretende investir 390 milhões de dólares na empresa. Já a Western Digital valoriza 3,14% para 84,34 dólares, a beneficiar da resolução da disputa com a Toshiba. 

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub