Bolsa Nasdaq marca novo recorde à espera de bons ventos da Google

Nasdaq marca novo recorde à espera de bons ventos da Google

As bolsas norte-americanas encerraram em terreno misto, com o Dow Jones e S&P 500 a resvalarem muito ligeiramente, ao passo que o Nasdaq estabeleceu um novo máximo de sempre, na expectativa de bons resultados da Alphabet, casa-mãe da Google.
Nasdaq marca novo recorde à espera de bons ventos da Google
Carla Pedro 24 de julho de 2017 às 21:05

O Standard & Poor’s 500 fechou a ceder 0,09% na sessão desta segunda-feira para 2.470,22 pontos, e o Dow Jones desvalorizou 0,25% para se fixar nos 21.525,29 pontos.

 

Já o Nasdaq Composite esteve a negociar em contraciclo, animado pelo bom momento no sector tecnológico e pelas perspectivas optimistas para os resultados da Alphabet – que substituiu a Google em bolsa e que a detém a 100% – após o encerramento da sessão regular das bolsas de Wall Street.

 

O índice tecnológico encerrou a somar 0,36% para 6.410,80 pontos, tendo durante a sessão fixado um novo máximo histórico ao tocar nos 6.416,52 pontos.

 

A animar a negociação do outro lado do Atlântico esteve também o sector da banca, numa altura em que grandes instituições financeiras norte-americanas reportaram bons resultados trimestrais.

 

Amanhã, o Citigroup promove o Investor Day de 2017, com uma apresentação por parte do CEO, Mike Corbat, e de outros gestores de topo. O evento decorre em Nova Iorque.

 

Os investidores estão especialmente atentos aos resultados das empresas e aos dados económicos, mas também ao panorama político do país e aos programas prometidos por Trump, incluindo uma vasta reforma regulatória e fiscal e investimentos em infra-estruturas, que até agora ainda não se concretizaram. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar