Bolsa Navigator e grupo EDP mantêm PSI-20 em alta

Navigator e grupo EDP mantêm PSI-20 em alta

A bolsa nacional negoceia em alta ligeira, num dia em que os principais índices europeus já atingiram máximos de Janeiro. Por cá, a Navigator e o grupo EDP animam enquanto o BCP trava maiores ganhos.
Navigator e grupo EDP mantêm PSI-20 em alta
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 20 de dezembro de 2016 às 11:25

A bolsa nacional segue em terreno positivo esta terça-feira, 20 de Dezembro, com o PSI-20 a ganhar 0,29% para 4.633,29 pontos. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, 11 estão a subir, quatro a descer e três inalteradas.

 

Na Europa, os principias índices bolsistas também negoceiam com sinal verde, animados pelo sector da banca – em particular os bancos italianos – e pelos negócios anunciados. A Mediaset dispara quase 18% depois de a Vivendi ter anunciado que planeia aumentar a sua participação na empresa italiana. Já o Lloyds ganha mais de 2%, após ter revelado que chegou a acordo para comprar a unidade de cartões do Bank of America.

 

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, valoriza 0,25% para 360,49 pontos, depois de ter chegado a negociar nos 361,08 pontos, o valor mais alto desde o dia 4 de Janeiro.

 

No plano nacional, a Navigator e o grupo EDP são as cotadas que mais impulsionam o PSI-20. A Navigator valoriza 1,87% para 3,269 euros, a EDP sobe 0,52% para 2,895 euros e a EDP Renováveis ganha 0,54% para 5,91 euros, depois de ter anunciado esta manhã que conseguiu assegurar um financiamento de "tax equity" no valor de 343 milhões de dólares (328,3 milhões de euros à cotação actual) nos Estados Unidos.

 

A contribuir para a subida da bolsa nacional estão ainda as cotadas do sector do retalho, com a Sonae a ganhar 0,81% para 87,5 cêntimos e a Jerónimo Martins a somar 0,24% para 14,50 euros.

 

Fora do PSI-20, a Inapa dispara 8,7% para 12,5 cêntimos, depois de ter informado que comprou a totalidade do capital da empresa francesa Papyrus France Holding SAS, empresa que actua no mesmo ramo de actividade em França.

 

Por outro lado, a evitar maiores subidas do PSI-20 está sobretudo o BCP. Depois de a assembleia-geral ter aprovado o aumento do limite de votos para 30% - abrindo caminho à entrada da Fosun na gestão do banco – as acções da instituição liderada por Nuno Amado descem 1,14% para 1,1098 euros. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Maricas 20.12.2016

Alguém me pode explicar porque a papeleira Navigoter está a ganhar mais de 2% e a Altri já esteve a perder 0,70%, geralmente uma papeleira acompanha a outra não é.. ou amanhã será o dia da Altri subir?

ALTRI = BULL 20.12.2016

Ai se a ALTRI passa a resistência dos 3,95 euros, ui, ui, ui, aí vai por aí acima que até dói, heheheheeh

pub
pub
pub
pub