Bolsa Navigator em máximos de um ano à boleia do dólar e preços do papel

Navigator em máximos de um ano à boleia do dólar e preços do papel

As acções da Navigator estão a subir mais de 3,5% numa altura em que os analistas antecipam a possibilidade de os investidores receberem um dividendo melhor. A subida dos preços da pasta e a valorização do dólar suportam esta perspectiva.
Navigator em máximos de um ano à boleia do dólar e preços do papel
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Laranjeiro 26 de janeiro de 2017 às 13:28

As acções da Navigator estão a subir 3,08% para 3,409 euros, mas durante a sessão já avançaram 3,66% para 3,428 euros, o que representa o valor mais elevado desde Janeiro de 2016. A empresa tem uma capitalização bolsista de mais de 2,4 mil milhões de euros euros. Desde o início do ano a cotada já avançou 4,84%.

No sector da pasta e do papel, a Navigator (liderada por Diogo da Silveira, na foto) não é a única a valorizar na bolsa nacional. A Altri soma 1,24% para 4,15 euros, tendo já subido 1,88% para 4,176 euros. Mas na sessão de ontem esta cotada chegou a negociar nos 4,18 euros, o que corresponde ao valor mais elevado desde Janeiro do ano passado. Por esta altura, a Semapa ganha 2,86% para 13,125 euros - tendo avançado já 3,06% para 13,15 euros.

A valorização da Navigator ocorre numa altura em que o mercado admite a possibilidade de os investidores receberem um dividendo mais elevado do que anteriormente antecipado. A subida dos preços da pasta e do papel e a valorização do dólar registada em 2016 suportam esta hipótese. "A subida da Navigator está relacionada com a perspectiva positiva para a empresa e dada a possibilidade de irem pagar um dividendo mais elevado do que o esperado, relativo a 2016", disse à Bloomberg João Queiroz da GoBulling.

O analista da Haitong Nuno Estácio adiantou esta quarta-feira, de acordo com a mesma fonte, que é expectável que a recuperação dos preços da pasta e do papel na Europa continue durante os próximos meses, suportando assim o desempenho dos títulos deste sector.

Os analistas do BPI, numa nota a que o Negócios teve acesso relativa ao sector da pasta e do papel na Península Ibérica, salientam que "temos testemunhado um preço das acções forte". "Além de um dólar forte, continuamos a ver fundamentais fracos" no futuro para as principais empresas de pasta e papel. 

Para estes analistas, a grande dúvida que se coloca é durante quanto mais tempo o dólar norte-americano vai continuar a valorizar. "Os players de pasta ibéricos estão entre os mais afectados pela volatilidade do dólar dos Estados Unidos: uma valorização de 5% do dólar impacta a Altri e a Ence [empresa espanhola] em cerca de 17% e em 5% no caso da Navigator". 

Navigator "fonte de investimento interessante"


Ainda esta semana, os analistas do ESN, do qual o banco de investimento da CGD também faz parte, emitiu uma nota onde salientam que "a Navigator continua a ser uma fonte de investimento interessante, reflectindo os fundamentais sólidos do negócio e oferecendo um muito forte ‘dividend yield’ estimado para 2017 não apenas no contexto da indústria mas também em termos do mercado português". 

"Continuamos a ver a Navigator como uma oportunidade singular no mercado de capitais português", salientam os analistas da ESN. Os analistas consideram que há "uma probabilidade baixa" da administração da Navigator não distribuir a remuneração estimada aos accionistas no próximo ano, o que também justifica a avaliação.


O Haitong apresentou recentemente as suas perspectivas para as cotadas nacionais. Nesse sentido, o banco de investimento revelou que estima que em 2017 a ex-Portucel vai ser capaz de manter o EBITDA estável apesar da redução substancial dos preços da pasta no último ano. "A empresa deve beneficiar de um dólar forte e dos resultados dos programas de eficiência implementados".

O baixo endividamento (representa em 2016 apenas 1,7 vezes o EBITDA) e o elevado "payout" (percentagem dos lucros distribuídos aos accionistas) permitem à Navigator apresentar um dos maiores "dividend yields" da Península Ibérica.

A Navigator apresenta resultados no próximo dia 9.

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Artur Há 4 semanas

E eu acabei de comprar altri, acho que ainda tem muito para subir, segundo tenho lido por aqui, só o dividendo já val a pena!

Anónimo Há 4 semanas

ACABEI DE VENDER AS MINHAS 18.000 ACOES, DA NAVIGOTER PREPAREM-PARA A CORRECAO, AMANHA AFUNDAM MAIS DE 2% O DOLAR NAO SOBE SEMPRE,

Resposta de Anónimoa Anónimo Há 4 semanas

deves ser bruxo

Anónimo Há 4 semanas

Navigator a brilhar e sonae a começar a afundar ! 13h 30 min.

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub