Bolsa Norges Bank volta a reforçar posição no BCP

Norges Bank volta a reforçar posição no BCP

Depois de em Fevereiro ter passado a deter uma participação qualificada superior a 2% do capital do banco português, o fundo soberano da Noruega voltou a reforçar a presença na instituição liderada por Nuno Amado.
Norges Bank volta a reforçar posição no BCP
Bloomberg
Negócios 17 de abril de 2017 às 17:41

O Norges Bank voltou a aumentar a posição detida no capital social do BCP, segundo informou esta segunda-feira, 17 de Abril, o banco liderado por Nuno Amado em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Na nota enviada ao regulador, o BCP revela que "na sequência das transacções efectuadas no dia 7 de Abril de 2017", a gestora de activos norueguesa "passou a deter uma participação de 2,42% no capital social" do banco português.

 

Em Fevereiro, a instituição responsável pela gestão do fundo soberano norueguês já tinha reforçado a posição no BCP, passando então a deter uma participação qualificada superior a 2%.

Avaliado em 7.867 milhões de coroas norueguesas (858 mil milhões de euros), o Norges Bank - gestor do maior fundo soberano do mundo - fechou o primeiro trimestre deste ano com lucros de 298 mil milhões de coroas norueguesas (32,5 mil milhões de euros), tendo garantido um retorno trimestral de 3,8%, acima dos 2,17% devolvidos nos últimos três meses de 2016.




A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 17.04.2017

Também tinham uma posiçãozinha assim como esta no BES quando este fazia parte do PSI. E resultou em pequenas menos-valias. Faz parte das rígidas regras delineadas pelos gestores deste fundo. Não representa nada de nada. Investem muito mais do que isto em empresas muito maiores. Ter 2% de uma empresa cotada em Lisboa não é o mesmo que ter 2% de uma mega-empresa cotada em Nova Iorque, Frankfurt ou Londres. Este fundo detêm acções de todas elas.

comentários mais recentes
ACORDEM ..... não vão em bocas foleiras 18.04.2017

ACORDEM a
DBRS vai subir o RATING do BCP
ACORDEM vamos ..... SAIR .... DO .... LIXO a DBRS na sexta feira vai SUBIR o RATING DE PORTUGAL E DO MILENIUM ACORDEM se querem ganhar muito $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Água Ráz 18.04.2017

Muitos estudiosos estavam no BES era lucros do arco da velha

Anónimo 18.04.2017

Uma coisa é ser-se um jogador de casino na bolsa. Sem estudar, sem pesquisar, sem analisar friamente os dados técnicos e toda a informação relevante. Outra coisa é ser investidor no mercado de acções, coisa que nada tem a ver com fezada, sorte, palpites ou magia negra. Claro está que para sê-lo é preciso adquirir bases, saber e experiência numa saga trabalhosa e stressante que se traduz sempre numa curva de aprendizagem inicialmente, e durante muito tempo, muito pouco inclinada.

Tha Navigator Company 17.04.2017

meti uma ordem de compra para a Navigator, , penso que amanha vai ser de loucos, tudo a subir,

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub