Bolsa Nos e Jerónimo dão maior contributo para ganho superior a 1% do PSI-20

Nos e Jerónimo dão maior contributo para ganho superior a 1% do PSI-20

O BPI recuou e o BCP e Pharol ficaram inalterados. De resto, foi um dia totalmente positivo na bolsa de Lisboa, tal como também o foi por toda a Europa. A Jerónimo Martins e a Corticeira estiveram em máximos.
Diogo Cavaleiro 14 de Outubro de 2016 às 16:42

Ontem, a China levou às perdas. Hoje, a China conduziu aos ganhos. Este é o resumo da evolução dos mercados accionistas nos últimos dois dias desta semana na Europa.

E se na sessão de ontem Lisboa conseguiu escapar ao vermelho, hoje a praça portuguesa acompanhou o verde do resto do Velho Continente.

 

O índice de referência da bolsa portuguesa ganhou 1,39% para 4.622,49 pontos, naquele que foi o quarto dia de ganhos da semana. 

Na Europa, o Stoxx Europe 600 somou 1,3%. As valorizações foram superiores a 1% em quase todas as praças da Europa Ocidental. Tudo porque houve dados económicos da China, mais especificamente a primeira subida no preço dos produtos desde 2012, que trouxeram optimismo para os investidores. Ontem, os receios face às exportações chinesas tinham conduzido às perdas.

 

Lisboa ontem tinha escapado ao sentimento negativo e hoje acompanhou a toada positiva. A Nos marcou a valorização que mais contribuiu para o PSI-20 ao subir 2,65% para 5,86 euros. Os CTT somaram 2,84% para 6,037 euros.

 

A Jerónimo Martins voltou a destacar-se e registou a cotação mais elevada desde Julho de 2013 nos 16,24 euros. O CaixaBI prevê uma duplicação dos lucros da dona do Pingo Doce e ontem o título já tinha reagido positivamente. Hoje, a apreciação foi de 1,72% para 16,22 euros, dois cêntimos abaixo do máximo de Julho de 2013 que tocou na sessão. A Sonae ganhou 1,63% e terminou o dia em 0,684 euros.

 

A energia teve uma semana positiva e sexta-feira não foi excepção. A EDP ganhou 1,39% para 2,922 euros, o quinto dia consecutivo de avanços, depois de outros cinco dias seguidos de quedas. A EDP Renováveis somou 1,79% para 6,991 euros, apesar de confirmado em proposta do Orçamento do Estado o pagamento da contribuição extraordinária sobre o sector. A REN ganhou 1,21% para 2,59 euros.

 

Entre os maiores ganhos do dia, destaque também para a Navigator (ganhou 2,18% para 2,581 euros) e a Altri (somou 2,31% para 3,098 euros). A Corticeira Amorim, ao tocar nos 9,20 euros, estreou uma nova cotação máxima nunca antes experimentada, ainda que tenha terminado o dia nos 9,101 euros, ao ganhar 0,84%. 

A Galp Energia marcou uma subida ligeira, de 0,12%, para 12,475 euros.

 

Banca sem força

 

O BPI recuou 0,18%, terminando a sessão nos 1,127 euros, abaixo da contrapartida oferecida de 1,134 euros na oferta pública de aquisição do CaixaBank. Ontem, a administração considerou a oferta "oportuna", ainda que tenha dito que o preço não é justo. O banco BPI vai avançar para a redução de 1.000 postos de trabalho.

 

O BCP fechou inalterado em 1,54 cêntimos. A outra cotada que acabou o dia sem mexer foi a Pharol, terminando nos 0,252 cêntimos. 


(Notícia actualizada às 16:54 com mais informações)




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

PSI bate nos 4,622pts, tecto de 30 dias, vamos vêr se rompe ou baixa conforme tem sido a tendência desde pelo menos14 de setembro? BN
PS: Stop activos para valores de mais valias, n vá o diabo teçe-las, porque estas, já cá cantam.

comentários mais recentes
capaNegra Há 2 semanas

Terrível é terrível...só malta agarrada ao bcp...

Anónimo Há 2 semanas

desde que o filho daquela grande p.uta que o pariu o chinoca da fosun em conluio que o escarro do haitong/riciardi afundaram o preço alvo do bcp falido em 80% passando de 10 para 2 cents, a cotaçãoestá a 1,5 cents e o eskroke e pior ceo n.amado calou e nada justificou a ação a 1,5 cent=bcp falido

ahah Há 2 semanas

Sai mais umas doses de xanax para os BCPatos

Anónimo Há 2 semanas

PSI bate nos 4,622pts, tecto de 30 dias, vamos vêr se rompe ou baixa conforme tem sido a tendência desde pelo menos14 de setembro? BN
PS: Stop activos para valores de mais valias, n vá o diabo teçe-las, porque estas, já cá cantam.

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub