Bolsa Outubro foi o segundo melhor mês de sempre nas fusões e aquisições
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Outubro foi o segundo melhor mês de sempre nas fusões e aquisições

Negócios como a fusão da Time Warner com a AT&T e a compra da Reynolds American pela British American Tobacco aceleraram o volume de fusões e aquisições no último mês. Apenas em Novembro de 1999 foram anunciadas operações de maior valor.
1 - A Time Warner está a ser alvo da maior oferta. A AT&T oferece 85,7 mil milhões de dólares. 2 - A Monsanto está envolvida no segundo maior negócio, com a Bayer a oferecer 56,97 mil milhões 3 - A British American Tobacco ofereceu 46,8 mil milhões para comprar a Reynolds American 4 - A NXP Semicondutores foi alvo de uma oferta da Qualcomm no valor de 39,2 mil milhões 5 - 44,1 mil milhões foi o valor oferecido pela ChemChina pela Syngenta 6 - A Enbridge ofereceu 28,4 mil milhões pela Spectra Energy 7 - O SoftBank é responsável pela sétima maior operação: 31,6 mil milhões pelo ARM 8 - A rede social Linkedin foi comprada pela Microsoft por 28,1 mil milhões 9 - St. Jude Medical foi alvo de uma oferta por parte da Abbott por 24,9 mil milhões 10 - A única operação abaixo dos 20 mil milhões foi a compra da Tyco pela Johnson Controls (18,8 mil milhões)
Patrícia Abreu 03 de Novembro de 2016 às 00:01

500 mil milhões de euros. É o valor anunciado em negócios de fusões e aquisições em Outubro, aquele que é já o segundo melhor mês de sempre. Apesar do pessimismo e do clima de incerteza nos

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub