Bolsa Pharol desliza mais de 6% e arrasta bolsa

Pharol desliza mais de 6% e arrasta bolsa

A bolsa nacional volta a estar penalizada pela Pharol, cujas acções estão a afundar mais de 6%. No resto dos mercados bolsistas europeus o arranque de sessão é igualmente negativo.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 15 de dezembro de 2017 às 08:07
O PSI-20 recua 0,08% para 5.352,10 pontos, numa altura em que oito cotadas seguem em queda, seis em alta e quatro inalteradas. O dia será marcado pela decisão da Fitch sobre o "rating" de Portugal. A expectativa é de que seja anunciado uma subida de notação financeira do país, o que retira Portugal do patamar considerado de "lixo".

A contribuir para a descida da bolsa nacional está a queda das acções da Pharol, que desce 6,20% para 0,242 euros, continuando a reflectir a nova versão do plano de recuperação judicial da Oi. Esta é a quinta versão, num processo que se arrasta há 18 meses, mas deverá ser a final e terá impacto significativo nas participações dos accionistas. A nova versão do plano de recuperação judicial vai permitir que a Oi reduza em 50% o valor da dívida, e caso a proposta seja aprovada na próxima semana, os credores vão controlar 75% do capital da operadora, com os actuais accionistas a sofrerem uma forte diluição das suas participações, incluindo a Pharol que actualmente é maioritária com 27,18%.

Esta é a terceira sessão de quedas acentuadas para a Pharol, com as acções a acumularem uma descida de praticamente 25%, com um volume de acções negociado muito acima da média diária. Esta queda, corresponde a menos a uma perda de 70,8 milhões de euros em termos de capitalização bolsista. A penalizar as açcões está sobretudo a incerteza que paira sobre a cotada, que detém cerca de 27% do capital da operadora de telecomunicações brasileira Oi. 

A travar a queda da praça lisboeta está o BCP, que sobe 0,19% para 0,2605 euros, bem como a EDP, que aprecia 0,10% para 2,90 euros, bem como a Nos que neste arranque de sessão está a subir 0,27% para 5,65 euros. 

(Notícia actualizada com mais informação)



Saber mais e Alertas
pub