Bolsa Pharol dispara 15% na melhor sessão em cinco meses

Pharol dispara 15% na melhor sessão em cinco meses

A Pharol viveu uma sessão de fortes ganhos, terminando o dia a disparar 15,34%. Durante a sessão chegou mesmo a subir 16,22% para 39,4 cêntimos, o valor mais elevado desde Novembro.
Pharol dispara 15% na melhor sessão em cinco meses
Bruno Simão
Ana Laranjeiro 09 de fevereiro de 2017 às 17:08

A Pharol registou uma sessão muito positiva na praça nacional. Terminou o dia a disparar 15,34% para 39,1 cêntimos, o que representa a melhor sessão desde 5 de Setembro de 2016, dia em que terminou o dia a valorizar 17,28%.

Durante o dia, as acções chegaram a ganhar 16,22% para 39,4 cêntimos, o valor mais elevado desde Novembro de 2015. A liquidez do título foi elevada, tendo trocado de mãos mais de 20 milhões de acções, quando a média diária dos últimos seis meses é superior a 3,3 milhões de títulos.


Com base na cotação de fecho, a empresa liderada por Palha da Silva tem uma capitalização bolsista de 352,3 milhões de euros. Desde o início do ano, a cotada já ganhou 89,86%.


A brasileira Oi, companhia na qual a portuguesa tem uma posição de 27%, tem registado fortes ganhos, beneficiando das notícias relacionadas com a sua recuperação judicial. Por esta altura, as acções ordinárias da Oi sobem 0,54% para 3,74 reais e os títulos preferenciais cedem 0,64% para 3,11 reais. E a evolução desta empresa tem impulsionado as subidas da Pharol.


Recuperação da Oi

Na semana passada a Orascom decidiu alargar a validade da proposta anteriormente apresentada para a recuperação judicial da Oi, que inclui uma OPA de até 1,25 mil milhões de dólares, montante que seria destinado a investimentos na operadora.


Depois disso, a Oi e a Samba acabaram com o ‘braço-de-ferro’ que durou dois anos, reduzindo os obstáculos para vender os activos que herdou da PT, nomeadamente a posição na Unitel.


Na última quinta-feira a Oi informou o mercado que as negociações com os credores estão "a evoluir" e aceitou a possibilidade da conversão de parte da dívida em acções.


Já esta semana a Bloomberg noticiou que o projecto de mudança da Lei Geral de Telecomunicações aumentaria em cerca de 3 mil milhões de reais (894 milhões de euros) o valor da Oi, segundo a estimativa apresentada pela assessora financeira ao conselho de administração da companhia.

 




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tone Há 2 semanas

@ Teresinha...nao chores....compra e espera...se estas a shortar a Pharol...fecha a posicao...e compra mulher! A Pharol sobe pk ainda tem muito valor...nao sabias? Andas demasiada destraida...

marcel Há 2 semanas

para reduzir as perdas sofridas, a acção deveria subir no mínimo para 3 ou 4 euros.
vislumbra-se grandes jogadas, a actividade é muito rentável


Eu é que sei Há 2 semanas

Comprem que estão a saldo,vai haver notícias em breve. 1.00 euro.

Investidor Há 2 semanas

BCP, acionista da Pharol com 6%, a faturar. Mais uma boa noticia a juntar às EXCELENTES noticias de hoje.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub