Bolsa Pinto da Costa continua às compras de acções do FCP

Pinto da Costa continua às compras de acções do FCP

O líder da SAD azul e branca já gastou mais de 7.500 euros a adquirir títulos da empresa este ano. Esta segunda-feira, voltou a adquirir acções.
Pinto da Costa continua às compras de acções do FCP
Manuel Araújo

O presidente do Futebol Clube do Porto continua a comprar acções da SAD do clube. Na semana passada, Jorge Nuno Pinto da Costa fez um investimento de 2.541 euros, chegando as aquisições feitas em 2017 a praticamente 7.500 euros.

 

Esta segunda-feira, 2 de Outubro, foram compradas 2.430 acções da SAD azul e branca a um preço por unidade de 70 cêntimos, gastando para isso 1.701 euros. Um valor a que junta os 840 euros despendidos a comprar, também a 70 cêntimos, 1.200 acções a 19 de Setembro.

 

As compras foram feitas no mercado regulamentado Euronext Lisbon, a gestora da bolsa nacional. Os títulos da SAD liderada pelo próprio Pinto da Costa foram comprados a 70 cêntimos, acima dos 69 cêntimos a que as acções encerraram esta segunda-feira (uma quebra de 1,43% em relação a sexta-feira).

 

O valor investido junta-se aos 5.024 euros que o líder dos dragões investiu nas restantes transacções que tinha feito este ano, até 13 de Setembro. As mais recentes aquisições foram a 70 cêntimos, o mesmo preço a que adquiriu acções em Fevereiro. Pelo meio, fez compras a preços mais baixos. 

 

Tal como tem acontecido até aqui, a Porto SAD não identifica qual a posição actual de Pinto da Costa na cotada após as aquisições. De acordo com o relatório e contas do primeiro semestre fiscal, terminado a 31 de Dezembro de 2016, o presidente do clube azul e branco detinha 254.821 acções, que correspondiam a 1,13% do capital.

 

As SAD são empresas com uma liquidez muito reduzida, até tendo em conta a diminuta parte do capital que está disperso por outros investidores. Em relação às outras empresas dos três grandes, a SAD do Benfica ganhou hoje 11,03% para 1,56 euros, ao passo que o SCP ficou inalterado nos 0,74 euros por acção.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub