Obrigações Portugal procura levantar até 1.000 milhões a três e 11 meses

Portugal procura levantar até 1.000 milhões a três e 11 meses

A agência que gere a dívida soberana regressa hoje aos leilões de curto prazo. Das últimas vezes que estas maturidades estiveram no mercado, foram atingidos novos mínimos nos juros negativos.
Portugal procura levantar até 1.000 milhões a três e 11 meses
Pedro Elias
Negócios 16 de agosto de 2017 às 07:29
A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) regressa esta quarta-feira, 16 de Agosto, ao mercado, para a realização de dois leilões de linhas de bilhetes do Tesouro com maturidades em 17 de Novembro de 2017 e 20 de Julho de 2018.

De acordo com o IGCP, o montante indicativo global para estas emissões a três e a 11 meses está compreendido entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros.

Portugal tem conseguido a conseguir juros na dívida a curto prazo cada vez mais negativos. Aliás, a 21 de Junho passado, a agência tinha colocado títulos nestas maturidades mesmo com mínimos históricos.

Na maturidade a 11 meses, o juro foi de -0,264% para levantar mil milhões de euros, enquanto a 3 meses colocou 250 milhões de euros, com uma taxa de -0,337%.

Nos últimos leilões de curto prazo realizados pelo IGCP, no passado dia 19 de Julho, a agência liderada por Cristina Casalinho (na foto) colocou 1.750 milhões de euros em dívida a 6 e 12 meses. A procura aumentou e os juros voltaram a atingir mínimos históricos.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tentando Perceber Há 1 semana

Os PSD de Passos,os CDS dê Cristas, os seus comentaristas seja da SIC,TVI, RTP3, Antena 1, RR com a teimosia de não se renderem ao Enorme Sucesso deste Governo, Revelam não ser Patriotas, serem Cegos Políticos, não vêem o que todo Mundo vê, São dependentes Partidários, nem conseguem ver o Óbvio, que

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub