APFIPP
Portugueses investem 13,3 milhões de euros nos fundos em Abril
15 Maio 2012, 19:31 por Patrícia Abreu | pabreu@negocios.pt
1
Enviar por email
Reportar erro
0
No acumulado do ano, os investidores já aplicaram 45,9 milhões de euros nos fundos. Os produtos que investem em acções nacionais continuam a ser alvo de desinvestimento.
Os portugueses continuam a confiar nos fundos de investimento nacionais, com os investidores a aplicarem 13,3 milhões de euros nestes produtos em Abril. Após um longo período marcado pelos resgates, este é já o quinto mês consecutivo de subscrições líquidas positivas.

De acordo com o relatório mensal divulgado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), em Abril, os aforradores colocaram 742,5 milhões de euros nos fundos, enquanto os resgates totalizaram os 729,2 milhões, o que perfaz um saldo positivo de 13,3 milhões de euros.

Em 2012, a indústria portuguesa de fundos já captou 45,9 milhões de euros. Desde Dezembro do ano passado que as subscrições líquidas estão a ser positivas, depois de 18 meses consecutivos de quebras, com os investidores a voltarem a confiar nestes produtos.

O montante sob gestão ascendeu a 11.273,3 milhões de euros no final do último mês, menos 0,2% que no final de Março.

Os fundos especiais de investimento monetário de curto prazo foram a categoria que recebeu mais investimento no mês passado, ao arrecadar 82,2 milhões de euros.

Já os fundos de acções nacionais continuam fora das escolhas dos investidores. Em Abril, estes fundos perderam 1,2 milhões de euros, elevando para oito milhões o valor dos resgates registado desde o inicio do ano.

1
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: