Preços do petróleo afundam para mínimo de cinco meses
16 Maio 2012, 08:05 por Edgar Caetano | edgarcaetano@negocios.pt
7
Enviar por email
Reportar erro
0
Indicações de acumulação nas reservas norte-americanas e crise na Europa estão a fazer cair o petróleo, que em Nova Iorque tocou mínimos de cinco meses. Barril de Brent segue abaixo dos 111 dólares.
Os contratos futuros do West Texas Intermediate (WTI), negociado nas plataformas electrónicas da Nymex, estão a desvalorizar-se em 1,73% para 92,35 dólares, depois de o American Petroleum Institute, uma associação do sector, sugerir que a última semana continuou a ser marcada por uma acumulação de reservas energéticas nos EUA.

Os dados oficiais, a divulgar pelo Departamento de Energia esta tarde, deverão mostrar uma acumulação de 1,8 milhões de barris nas reservas de crude, segundo uma sondagem da Bloomberg junto de analistas.

Já os futuros do barril de Brent estão a perder 1,11% para 110,99 dólares, com a crise na Grécia a dominar as atenções nos mercados europeus.

“O risco de destruição da procura regressou à agenda”, escreve o especialista Jonathan Barratt no seu blog “Barratt’s Bulletin”. “O mercado vai continuar fragilizado ao longo do próximo mês, até que haja uma maior clareza sobre o que se passa no Mundo, sendo que a incerteza na Grécia é um problema”.

7
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: