Petróleo Produção da OPEP diminuiu em Dezembro pela primeira vez em sete meses

Produção da OPEP diminuiu em Dezembro pela primeira vez em sete meses

A OPEP revelou que a produção dos seus membros diminuiu, em Dezembro, antes de se implementar o corte de Janeiro. E prevê que este ano países fora do cartel, como a Rússia, vão reduzir a sua produção.
Produção da OPEP diminuiu em Dezembro pela primeira vez em sete meses
Ramzi Boudina/Reuters
Sara Antunes 18 de janeiro de 2017 às 13:43

A produção de petróleo dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) diminuiu em 220.900 barris por dia, em Dezembro, para um total de 33,08 milhões. A contribuir para a descida de produção estiveram os cortes implementados pela Arábia Saudita e Nigéria, segundo um relatório divulgado esta quarta-feira, 18 de Janeiro, e citado pela Bloomberg.

 

O corte verificado em Dezembro deixou, ainda assim, a produção 1,8 milhões de barris por dia mais elevada do que a média diária que se prevê que seja necessário para responder à procura no primeiro semestre do ano, adianta a mesma fonte.

 

O corte de Dezembro antecedeu a redução de 1,2 milhões de barris diários acordado entre os países da OPEP e que era para ser implementado em Janeiro. No relatório publicado esta quarta-feira, a OPEP realça a necessidade desta redução ser efectivada.

 

O cartel prevê que o fornecimento de petróleo dos países fora da OPEP vai aumentar em 2017 apenas metade do previsto em Dezembro.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub