Bolsa PSI-20 acelera subida e lidera ganhos no Velho Continente

PSI-20 acelera subida e lidera ganhos no Velho Continente

O principal índice da praça lisboeta está a acelerar os ganhos registados no arranque da sessão e é a praça que mais sobe no Velho Continente. Fortes ganhos do BCP, Mota-Engil e Galp impulsionam o PSI-20.
PSI-20 acelera subida e lidera ganhos no Velho Continente
Bruno Simão/Negócios
Ana Laranjeiro 15 de fevereiro de 2018 às 10:00

A bolsa nacional está a acelerar os ganhos registados no arranque da sessão e a liderar as valorizações no Velho Continente. O PSI-20 sobe 1,55% para os 5.504,85 pontos e, desde o início do ano, acumula uma valorização superior a 2%.

Das 18 empresas que compõem o índice, 17 estão em alta. Destaque para as valorizações do BCP, Mota-Engil e Galp Energia. As acções do banco liderado por Nuno Amado ganham 4,99% para 32 cêntimos, acelerando o ganho desde o início do ano para 17,65%. O banco revelou ontem ao mercado que obteve lucros de 186,4 milhões de euros em 2017. Entretanto, os analistas do BPI decidiram subir a recomendação para o Banco Comercial Português.

A Mota-Engil valoriza 3,76% para 3,59 euros.

Na energia, a Galp ganha 1,69% para 14,775 euros, depois de o CaixaBI ter emitido uma nota em que estima que a petrolífera tenha encerrado o ano de 2017 com lucros de 604 milhões de euros, o que representa uma subida de 13,5% face ao resultado líquido de 483 milhões de euros registado em 2016. A empresa apresenta as suas contas na próxima semana.

A EDP sobe 0,18% para 2,754 euros e a REN aprecia 0,08% para 2,476 euros. E a EDP Renováveis segue inalterada nos 7,12 euros.

A Novabase cresce 2,37% para 3,02 euros.

A Sonae ganha 1,60% para 1,208 euros e a concorrente Jerónimo Martins cresce 0,26% para 17,335 euros.

No sector da pasta e do papel, a Altri valoriza 1,02% para 4,455 euros, a Semapa ganha 0,55% para 18,14 euros e a Navigator cresce 1,40% para 4,20 euros.

Europa em alta

As principais praças europeias estão a negociar em alta, numa altura em que os investidores deixam para trás a subida da inflação nos EUA e se focam nos resultados das empresas do Velho Continente.

Os investidores estão também a prestar atenção à notícia que indica que a Nestlé não pretende aumentar a sua participação na empresa de cosméticos L’Oreal, isto depois de na semana passada ter sido noticiado que a empresa francesa estava pronta para comprar a participação de 23% da Nestlé.

O Stoxx 600, índice de referência, avança 0,66%. Entre as principais praças europeias, o francês CAC40 sobe 1,19%, o espanhol IBEX 35 avança 1,17% e o germânico DAX sobe 0,62%.




Saber mais e Alertas
pub