Bolsa PSI-20 acentua ganhos à boleia do BCP e Pharol

PSI-20 acentua ganhos à boleia do BCP e Pharol

A bolsa nacional tinha arrancado a sessão dando sinais de alguma volatilidade. Contudo, menos de duas horas e meia após o início da sessão, o PSI-20 ganha mais de 0,5%, à boleia do BCP e Pharol. Resto da Europa com sinal mais.
PSI-20 acentua ganhos à boleia do BCP e Pharol
Bloomberg
Ana Laranjeiro 10 de fevereiro de 2017 às 10:58

Os primeiros instantes de negociação da bolsa de Lisboa foram marcados por alguma volatilidade. Contudo, com o decorrer do dia o principal índice nacional tem vindo a acentuar os ganhos. Às 10:16, o PSI-20 ganhava 0,78% para 4.630,76 pontos, com 15 cotadas em alta e duas em queda.

A partir desta sexta-feira, 10 de Fevereiro, o principal índice da bolsa de Lisboa conta apenas com 17 cotadas, pelo menos até à próxima revisão, agendada para Março. No passado dia 8, a Euronext Lisbon emitiu um comunicado onde assinala que "na sequência dos resultados alcançados na Oferta Pública de Aquisição do CaixaBank sobre o BPI, e face à informação disponível à data, foi decidida a exclusão das acções do Banco BPI do índice PSI 20, com data efectiva a 10 de Fevereiro".

Entre as restantes praças europeias, o sentimento é sobretudo de ganhos, com os investidores animados pelos resultados positivos de empresas e pelos dados das exportações chinesas que ficaram acima do esperado. As exportações chinesas cresceram 7,9% em dólares, em Janeiro face ao mesmo período de 2016, de acordo com os dados preliminares. Este valor é o ritmo mais elevado em quase dois anos. O Stoxx 600, índice de referência, soma 0,21%.

Por cá, destaque para os títulos do BCP e da Pharol.


O BCP soma 2,73% para 15,07 cêntimos. Esta evolução tem lugar depois de ontem terem começado a negociar as novas acções do banco. Os títulos do banco liderado por Nuno Amado terminaram o dia a valorizar 0,48% para 14,67 cêntimos. A instituição financeira confirmou ontem que já pagou os 700 milhões de euros de ajuda ao Estado, uma operação "que marca o regresso à normalização da actividade do BCP" e que "tinha sido objecto de aprovação anterior pelo Banco Central Europeu, sujeita ao sucesso do aumento de capital que o BCP concluiu recentemente".

O Montepio cede 0,24% para 41,1 cêntimos.

A Pharol mantém a tendência de ganhos já registada nas últimas sessões. A empresa liderada por Palha da Silva soma 5,88% para 41,4 cêntimos. A brasileira Oi, companhia na qual a portuguesa tem uma posição de 27%, tem registado fortes ganhos, beneficiando das notícias relacionadas com a sua recuperação judicial. E a evolução desta empresa tem impulsionado as subidas da Pharol.

A Nos ganha 0,53% para 5,308 euros. Do lado dos ganhos está também a Navigator, que ontem comunicou ao mercado que aumentou os lucros em quase 11% no ano passado, subindo 1,40% para 3,549 euros. Ainda neste sector, a Semapa aprecia 0,46% para 13,16 euros e a Altri ganha 0,44% para 4,102 euros.


No retalho, a Jerónimo Martins soma 0,46% para 16,255 euros e a concorrente Sonae avança 0,61% para 82,8 cêntimos. Os CTT valorizam 0,63% para 4,945 euros.

Na energia, a Galp Energia cresce 0,36% para 13,85 euros, isto numa altura em que os preços do petróleo estão a subir nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para Portugal, valoriza 1,19% para 56,29 dólares por barril.


No grupo EDP, a casa-mãe aprecia 0,29% para 2,807 euros e a EDP Renováveis ganha 0,28% para 6,126 euros. A REN, por outro lado, cede 0,11% para 2,64 euros.




A sua opinião33
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado DRuan 10.02.2017

Estou á espera de quando o BCP entrar de novo no MSCI Global e no Stoxx Europe 600. É ver isto subir... espero!!!

comentários mais recentes
Fábio 10.02.2017

Saudoso Criador de Touros, é verdade, há outro grupo de meia dúzia de pessoas, conhece-los todos, todos de confiança. Ninguém se interessa por identidades. Abraço.

ofon 10.02.2017

Também tenho acçoes cerca de 200 000 mil, fui aos 4 últimos AC e percebo pouco de bolsa, daí que já deveria ter saído há muito - mas nunca o poderia ter feito sem perdas grandes, por isso arrisquei mais esta vez e, desta vez, tenho acompanhado o forum que por vezes é mais elucidativo que o meu gestor de conta. Teresa

Anónimo 10.02.2017

Vou ver se faço uma brincadeira neste fim de semana...

LF 10.02.2017

Estou no barco dos lesados do BCP, pontanto contem comigo nessa associação!

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub