Bolsa PSI-20 acompanha Europa com ânimo da EDP a contrastar com perdas do BCP

PSI-20 acompanha Europa com ânimo da EDP a contrastar com perdas do BCP

A bolsa nacional está em terreno negativo pela terceira sessão consecutiva, a acompanhar a tendência das congéneres europeias.
PSI-20 acompanha Europa com ânimo da EDP a contrastar com perdas do BCP
Pedro Catarino/CM
Rita Faria 15 de janeiro de 2018 às 11:55

Depois de ter iniciado a semana em alta, a bolsa nacional já inverteu para terreno negativo, arrastada sobretudo pelo BCP e pela EDP Renováveis. Nesta altura, o PSI-20 desliza 0,08% para 5.618,92 pontos, com oito cotadas em queda, oito em alta e duas inalteradas.

Na Europa, os principais índices também seguem em queda, depois de duas semanas consecutivas de ganhos, penalizados pela apreciação da moeda única, que já renovou máximos de 2014 durante a manhã.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desvaloriza 0,16% para 397,84 pontos, com as cotadas do sector imobiliário e da saúde a liderarem as descidas.

Em Lisboa, o BCP recua 1,01% para 29,29 cêntimos, no dia em que foi noticiado que o Bank Millennium, detido em 50,1% pelo Banco Comercial Português, foi multado na Polónia em 20 milhões de zlotys, o que corresponde, ao câmbio actual, a perto de 4,8 milhões de euros.

A contribuir para a queda do PSI-20 está também a EDP Renováveis, que desvaloriza 0,42% para 7,04 euros. Ainda na energia, a EDP trava uma maior descida do PSI-20, com uma valorização de 1,23% para 2,887 euros.

A REN ganha 0,24% para 2,532 euros e a Galp Energia segue inalterada em 16,25 euros, numa altura em que o petróleo está em queda ligeira nos mercados internacionais.

Além da EDP, destacam-se os CTT no lado das subidas, com um avanço de 0,92% para 3,526 euros. A empresa de correios recupera, assim, parte das fortes perdas registadas na semana passada, na sequência das novas exigências feitas pelo regulador.

A evitar maiores perdas em Lisboa estão ainda a Nos e a Navigator. A operadora liderada por Miguel Almeida sobe 0,64% para 5,535 euros enquanto a Navigator soma 0,53% para 4,58 euros.