Bolsa PSI-20 arrastado pelos receios em torno da Coreia do Norte

PSI-20 arrastado pelos receios em torno da Coreia do Norte

A tensão continua a aumentar. Os investidores tentam proteger-se da elevada incerteza, numa altura em que o presidente dos EUA continua a enviar avisos para Pyongyang.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 11 de agosto de 2017 às 08:06
O PSI-20 desce e acompanha a tendência dos restantes índices bolsistas, neste que é mais um dia de reacção dos investidores a nova troca de palavras duras entre os EUA e a Coreia do Norte. Donald Trump, presidente dos EUA, afirmou afirmou que as suas ameaças de "fogo e fúria" contra a Coreia do Norte pelas suas provocações "talvez não tenham sido suficientemente fortes". Voltando a deixar avisos à Coreia. 

Os investidores estão a reflectir nos mercados bolsistas os receios em torno do escalar de tensão entre os dois países, preferindo refugiar-se em activos considerados mais seguros, como o ouro e o franco suíço.

Na bolsa nacional, o vermelho predomina, num arranque de sessão marcado pela queda superior a 1% do BCP, que negoceia nos 0,2322 euros, numa altura em que nenhuma cotada do principal índice contraria a tendência de queda. 

Em queda está também a Galp Energia, ao ceder 0,91% para 14,08 euros, numa altura em que os preços do petróleo regressaram às quedas, recuando 0,56% para 51,61 dólares por barril em Londres, mercado de referência para Portugal.

Ainda no sector da energia, a EDP cede 0,32% para 3,154 euros enquanto a EDP Renováveis cai 0,26% para 6,80 euros. A REN também contribui para esta tendência, ao ceder 0,89% para 2,795 euros. 

As descidas são assim transversais, com a Pharol e Semapa a caírem mais de 1%, enquanto a Mota-Engil e a Sonae SGPS recuam cerca de 0,9%.


(Notícia actualizada com mais informação)