Bolsa PSI-20 cai pela primeira vez em oito sessões com EDP a penalizar

PSI-20 cai pela primeira vez em oito sessões com EDP a penalizar

A bolsa nacional fechou no vermelho, após sete sessões consecutivas de ganhos, numa sessão em que as acções europeias estão em máximos de Junho.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 02 de outubro de 2017 às 16:46

A bolsa nacional encerrou em queda esta segunda-feira, 2 de Outubro, pela primeira vez em oito sessões, com 11 cotadas em queda e sete em alta. O PSI-20 caiu 0,19% para 5.399,04 pontos, depois de ter chegado a tocar nos 5.416,62 pontos, o valor mais alto desde Dezembro de 2015.

Na Europa, o dia também foi de perdas para as bolsas de Madrid e Atenas que, juntamente com Lisboa, contrariam a evolução dos restantes índices europeus, que foram impulsionados pela forte descida do euro.

A moeda única europeia cai 0,63% face ao dólar depois de o referendo sobre a independência na Catalunha ter resultado na vitória do "sim" com 90% dos votos, com a consulta popular a ficar marcada pela violência policial contra os eleitores da região.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, ganha 0,34% para 389,49 pontos, um máximo de Junho, naquela que é já a nona sessão consecutiva de subidas.

Por cá, a EDP e a Galp Energia foram as cotadas que mais pressionaram o PSI-20. A eléctrica liderada por António Mexia registou a pior sessão desde meados de Junho com uma desvalorização de 2,79% para 3,096 euros, o valor mais baixo em dois meses.

Isto depois de a ERSE ter proposto, na sexta-feira, que os consumidores paguem menos 165 milhões de euros por ano à eléctrica, nos próximos dez anos, no âmbito dos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC).

Ainda na energia, a EDP Renováveis desceu 0,42% para 7,17 euros, a REN deslizou 0,47% para 2,741 euros e a Galp caiu 0,83% para 14,87 euros, acompanhando a forte queda dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

A contribuir para a desvalorização do índice nacional estiveram ainda a Corticeira Amorim, com uma descida de 0,88% para 11,76 euros, e a Semapa, que perdeu 0,93% para 16,06 euros. 

Do lado dos ganhos destacaram-se a Pharol, a Altri e a Nos. A antiga PT SGPS disparou 5,88% para 39,6 cêntimos, enquanto a Altri somou 2,78% para 4,592 euros, tendo chegado a tocar nos 4,599 euros, a cotação mais elevada desde Janeiro de 2016. Esta evolução acontece depois de a casa de investimento JB Capital Markets ter iniciado a cobertura da papeleira, atribuindo um preço-alvo às acções de 5,40 euros e a recomendação de "comprar". 

Já a Nos ganhou 1,76% para 5,332 euros após ter sido comunicado ao mercado, na sexta-feira, que a Nos e a Vodafone fecharam um acordo para desenvolvimento e partilha de infra-estruturas a nível nacional. Esta parceria vai permitir "aos dois operadores a disponibilização das suas ofertas comerciais, sob a rede partilhada, já a partir do início de 2018".


(Notícia actualizada às 16:54)




A sua opinião20
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Marcos Há 3 semanas

Bcpatos, pharolitos,motas engils tenham a atenção a vossa ganância.
Se a Coreia do Norte ensaiar outro missel, irá haver resposta dos Eua e aliados.
Basta uma pequena fricção agora para começar a guerra.
Vocês ficarão com os vossos papéis nas mãos.
Haverá quedas de 30% ou 40% num só dia.
Haverá molho de tomate na bolsa, e vocês gananciosos perderão tudo.
Criador de Touros se suicidara, pela sua esperteza saloia.
Mas antes dirá que foi a esquerda a culpada.

comentários mais recentes
A Pharol é um risco ENORME Há 3 semanas

Haver um acordo de credores nao é necessariamente bom. Pode ser catastrófico para os actuais acionistas. Pensem bem antes de investir o vosso dinheiro. O potencial existe, mas o risco é ENORME.

Anónimo Há 3 semanas

o bcp fodeu-te a cabeça toda criador de touros, s´tens a mesma conversa
a guerra que também deverá vir ai fodeu-te a muxela toda
psicopata mesmo, e um caso de psiquiatria.

Psiquiatra Há 3 semanas

Avisam-se todos os frequentadores deste forum que HÁ UM SUJEITO DEFICIENTE com pensão de 1800 euros que se diz SOCIALISTA utilizando vários nicks, tais como Massa Bruta, Ranhoso, Fanhoso, Da Boina, Tavares, Maria Amélia, escroto, investidor, olx, Tomas, Carp Diem, h, Cipião, Hx400, g, supositório, Manel, Nuno, Investidor 3, Marcos, entre outros, que padece de grave desequilíbrio mental gostando de insultar pessoas, UTILIZAR NICKS DE OUTROS, entre os quais o do Criador de Touros, do Lusa Atenas, AB, do Rosa Pereira e o meu, Psiquiatra. Quando ele ler este comentário irá apagá-lo, pois recusa retratar-se e tratar os outros com respeito. Tenham paciência com ele pois é muito ATRASADO.

Investidor 3 Há 3 semanas

os Partidos Socialistas pela europa teem desaparecido.
o fantasma do Socrástes ainda está presente entre os portugueses
o Partido Socialista está a trabalhar para uma possivel maioria absoluta em 2019 nas legislativas...
mas tantas coisas dadas ao longo dos ultimos 2 anos a alguns portugueses, e o partido Socialista praticamente não sai do mesmo sitio a nivel de percentagem de votos, a rondar os 37% e os 38% no global
o Costa é bom para ganhar votos é na camara de Lisboa.
porque para as autarticas ou legislativas vai torcer muito a porca o rabo
ainda dizia Costa mal do seu colega António José Seguro. que António Costa atraiçoou o seu colega de partido para lhe tirar o tapete e alcaçar o poder....
mas com tantas mordomias de volta dadas aos portugueses e Costa não consegue passar dos 37% ou 38%, muito longe duma maioria absoluta se fosse esses votos totais ontem alcançados se fosse para as legislativas. que teria de alcançar 43% ou 44%
para mim o PS tem sido um fracasso

ver mais comentários
pub