Bolsa PSI-20 cai pela primeira vez em quatro dias pressionado pelo BCP e Sonae

PSI-20 cai pela primeira vez em quatro dias pressionado pelo BCP e Sonae

As perdas registadas pelo BCP e pela Sonae penalizaram a bolsa lisboeta que acabou por interromper um ciclo de três sessões consecutivas a valorizar. Já a EDP subiu pelo oitavo dia consecutivo, depois de a S&P ter tirado a cotada da avaliação equivalente a "lixo".
PSI-20 cai pela primeira vez em quatro dias pressionado pelo BCP e Sonae
Bruno Simão/Negócios
David Santiago 09 de agosto de 2017 às 16:46

O PSI-20 fechou a sessão desta quarta-feira, 9 de Agosto, a perder 0,47% para 5.252,32 pontos, com 14 cotadas em queda e as restantes cinco em alta, num dia em que a praça lisboeta encerrou em terreno negativo pela primeira vez em quatro sessões.

 

A bolsa nacional seguiu a tendência de perdas verificada nas principais praças europeias que negociaram pressionadas, em especial, pelo sector financeiro.

 

Destaque pela negativa para o BNP Paribas que chegou a desvalorizar mais de 3% no dia em que passam 10 anos desde que a instituição gaulesa congelou fundos expostos aos créditos hipotecários que estiveram na origem na bolha imobiliária norte-americana, em 2007.

 

Também a penalizar o sentimento dos investidores europeus esteve o agravar da tensão em torno do programa de desenvolvimento de armamento nuclear da Coreia do Norte, o que tem provocado uma escalada nas ameaças trocadas entre Washington e Pyongyang.

 

Em Lisboa, foi o BCP que mais pressionou o principal índice bolsista nacional. O banco liderado por Nuno Amado desvalorizou 1,68% para 0,234 euros.

 

Também a contribuir para a queda do PSI-20 esteve a Sonae, que terminou o dia a recuar 2,33% para 0,963 euros.

 

Nota negativa ainda para a Nos, que fechou a sessão a resvalar 0,42% para 5,468 euros, e para a Pharol, que deslizou 2,35% para 0,332 euros.

 

Do lado dos ganhos e a travar uma descida mais pronunciada da bolsa nacional esteve a EDP e a Jerónimo Martins. A EDP ganhou 0,32% para 3,168 euros, num dia em que tocou no valor mais alto (3,178 euros) desde 14 de Junho e em que completou uma série de oito dias seguidos a valorizar, o melhor ciclo de ganhos desde a série culminada no passado dia 23 de Fevereiro. A eléctrica liderada por António Mexia beneficiou da decisão da agência de notação financeira Standard & Poor's de retirar o rating do patamar considerado "lixo".

 

Destaque pela positiva também para a Jerónimo Martins que somou 0,18% para 17,08 euros, numa sessão em que a retalhista tocou nos 17,095 euros, o valor mais alto desde 26 de Julho. 

No sector da energia o sentimento dividiu-se. A Galp Energia cedeu 0,18% para 14,185 euros, enquanto a REN ganhou ténues 0,07% para 2,835 euros e a EDP Renováveis subiu 0,35% para 6,81 euros.

(Notícia actualizada às 16:51)




A sua opinião102
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Criador de Touros 09.08.2017

sou Bcp, e estou farto de levar nas nalgas com o Bcp
hoje foi mais 1,65%, que o massa bruta me bem me avisou.
estou louco da minha cabeça
estou de ferias e não posso com o pessoal de esquerda
estou a pensar em ir a um psiquiatra

comentários mais recentes
borratocas 10.08.2017

de bolsa percebo eu fartome de ganhar dinheiro no montepio e depois dizem que não precebo nada. E precebo de politica e vou ser presidente da junta

Criador de Touros 10.08.2017

Mercados asiáticos a vir para o verde.

socialista 10.08.2017

Temos um emplastro socialista massa bruta ranhoso e fanhoso no forum, que grande geringonça de agarrado o PS arranjou aqui. O PS vai de mal a pior com gente desta.

Anónimo 10.08.2017

O massa bruta é um emplastro típico...LOL...

ver mais comentários
pub