Bolsa PSI-20 em alta à boleia do BCP e Galp

PSI-20 em alta à boleia do BCP e Galp

O principal índice da bolsa de Lisboa continua a negociar em alta, suportado nomeadamente pelos ganhos do BCP e Galp. Lisboa acompanha ganhos das restantes praças do Velho Continente no arranque do semestre.
PSI-20 em alta à boleia do BCP e Galp
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Laranjeiro 03 de julho de 2017 às 12:04

A bolsa de Lisboa continua com sinal mais no arranque do semestre. O PSI-20 soma 0,35% para 5.171,13 pontos com 11 cotadas em alta, sete em queda e uma inalterada.

Destaque para as acções do BCP e da Galp Energia. Os títulos do banco liderado por Nuno Amado ganham 1,32% para 23,88 cêntimos. E o Montepio valoriza 3,94% para 50,1 cêntimos, depois de na sexta-feira a Associação Mutualista Montepio Geral ter injectado 250 milhões de euros na sua instituição financeira. Os mutualistas garantiram que os rácios ficam "muito acima das exigências regulamentares das autoridades de supervisão".


Na energia, a Galp ganha 1,02% para 13,39 euros, isto numa altura em que os preços do petróleo negoceiam sem uma tendência definida nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para as importações nacionais, cede 0,10% para 48,72 dólares por barril.


A EDP Renováveis está também em alta, subindo 0,11% para 6,971 euros. A EDP cede 0,21% para 2,857 euros e a REN perde 0,36% para 2,731 euros.


A impulsionar a bolsa nacional estão ainda as acções da Jerónimo Martins, que sobem 0,50% para 17,175 euros. E a Sonae, por sua vez, cai 1,13% para 96,3 cêntimos.


Os CTT valorizam 1,19% para 5,609 euros.

No sector da pasta e do papel, a Semapa ganha 0,68% para 17,09 euros e a Altri sobe 0,10% para 4,04 euros. Já a Navigator recua 2,91% para 3,671 euros.

A Nos perde 0,83% para 5,27 euros.

Nas restantes bolsas europeias, o sentimento é também de ganhos, os primeiros em cinco dias, alimentadas pelas valorizações do sector da energia e das minas.