Bolsa PSI-20 fecha com sinal verde em contraciclo com a Europa

PSI-20 fecha com sinal verde em contraciclo com a Europa

A subida superior a 5% da Jerónimo Martins garantiu uma sessão positiva para o PSI-20, num dia em que, nas principais praças europeias, a tónica é negativa.
PSI-20 fecha com sinal verde em contraciclo com a Europa
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 04 de Janeiro de 2017 às 16:44

A bolsa nacional encerrou em alta ligeira esta quarta-feira, 4 de Janeiro, com o PSI-20 a ganhar 0,33% para 4.741,15 pontos, o valor de fecho mais alto desde Setembro do ano passado. Das 18 cotadas que formam o principal índice nacional, oito encerraram em alta, oito em queda e duas inalteradas.

 

À excepção da bolsa de Atenas, Lisboa isolou-se nos ganhos, numa sessão em que os principais índices europeus negoceiam com sinal vermelho, após três sessões consecutivas de subidas, que levaram o índice de referência para a Europa, o Stoxx600, para o nível mais alto desde Dezembro de 2015, na sessão de ontem.

 

Uma evolução que acontece depois de ter sido divulgado, esta manhã, que a inflação na Zona Euro subiu para 1,1% em Dezembro, aumentando os receios de que o crescimento dos preços acima do esperado leve o BCE a antecipar a retirada dos estímulos não convencionais à economia.

 

Nesta altura, o Stoxx600 desce 0,33% para 364,50 pontos.

 

No plano nacional, a Jerónimo Martins foi a cotada que sustentou a valorização do PSI-20. A retalhista subiu 5,18% para 15,645 euros, depois de ter chegado a disparar um máximo de 6,15% durante a sessão, para negociar nos 15,79 euros, o valor mais alto desde 8 de Novembro do ano passado. Isto depois de o JPMorgan ter antecipado, numa nota de análise, que o quarto trimestre de 2016 foi "forte" para a retalhista. 

A contribuir para a subida do PSI-20 estiveram também a EDP Renováveis e a Corticeira Amorim. A EDP Renováveis valorizou 0,43% para 6,049 euros, contrariando a tendência das restantes empresas do sector. A EDP desceu 0,45% para 2,891 euros, a Galp Energia deslizou 0,49% para 14,205 euros e a REN caiu 0,85% para 2,681 euros, depois de o CaixaBI ter emitido ontem uma nota onde eleva preço-alvo da REN para os 3 euros.

 

Já a Corticeira Amorim ganhou 1,54% para 8,783 euros, depois de a unidade de investimento da Caixa Geral de Depósitos ter subido o preço-alvo da cotada e acenado com a possibilidade de dividendo especial.

 

A Semapa, que chegou a negociar em máximos de Maio de 2015 durante a sessão, fechou o dia a perder 0,74% para 13,50 euros. 


(Notícia actualizada às 16:50)




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Criador de Touros Há 1 semana

Cada um lê o que quer ler. Eu leio oportunidades a qualquer momento...

Criador de Touros Há 1 semana

O gráfico está no site que referi.

Anónimo Há 1 semana

Criador de Touros, lendo o Eagle Trazer este diz que não compraria uma pinga de BCP. Estou a ler bem? E onde se pode ver essa média móvel? É no investing.com ?

rosa pereira Há 1 semana

Boa tarde sr Criador de Touros. Gostaria de ter uma conversa consigo sobre as suas análises.
Cumprimentos

ver mais comentários
pub