Bolsa PSI-20 no vermelho pressionado pelo BCP

PSI-20 no vermelho pressionado pelo BCP

Numa sessão em que negociou a maior parte do tempo em alta, a bolsa lisboeta acabou por terminar o dia em terreno negativo pressionada pelas quedas do BCP e da Galp Energia.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 10 de outubro de 2017 às 16:39

O PSI-20 fechou a sessão desta terça-feira, 10 de Outubro, a resvalar ligeiros 0,05% para 5.408,81 pontos, com seis cotadas em queda, uma inalterada e 11 em alta. Na Europa o sentimento foi também predominantemente negativo, com o espanhol Ibex a liderar as perdas num dia em que o presidente do governo autonómico da Catalunha poderá declarar unilateralmente a independência da região.

 

No plano nacional foi o BCP que mais penalizou, com o banco liderado por Nuno Amado a perder 2,58% para 0,2415 euros. 

Entre as cotadas que mais pressionaram a bolsa nacional esteve também a Galp Energia e a Ibersol. A Galp deslizou 0,40% para 15,025 euros e a Ibersol perdeu 0,58% para 12,905 euros.

Também a contribuir para a queda da praça lisboeta esteve a Mota-Engil que desvalorizou 1,55% para 3,234 euros.

A impedir uma maior desvalorização do principal índice nacional esteve o grupo EDP e os sectores do retalho e do papel. A EDP avançou 1,13% para 3,04 euros, a EDP Renováveis cresceu ténues 0,07% para 7,11 euros. Ainda na energia, a REN subiu 0,15% para 2,731 euros.

Já as retalhistas registaram subidas expressivas, com a Jerónimo Martins a apreciar 1,04% para 16,515 euros e a Sonae a somar 0,79% para 1,026 euros, isto num dia em que o grupo da Maia anunciou que a marca Berg Outdoor marcará presença em lojas da Holanda no início do próximo ano.

Porém, os destaques maiores da sessão couberam às cotadas que operam no sector do papel. A Semapa ganhou 3,19% para 16,82 euros num dia em que ao tocar nos 16,88 euros negociou em máximos de 28 de Julho, o que aconteceu no dia em que a cotada substituiu a Sonae na lista das acções preferidas do Haitong para o quarto trimestre.

O banco de investimento colocou a Semapa entre as chamadas "balas de prata" considerando que a "holding" de Pedro Queiroz Pereira "está a transaccionar com um elevado desconto face à soma do valor dos activos, sobretudo depois da forte valorização das acções da Navigator".

Nota ainda para a Altri e a Navigator que transaccionaram em máximos. A Altri somou 0,21% para 5,311 euros, mas ao tocar nos 5,395 euros estabeleceu um novo recorde de sempre. Já a Navigator cresceu 0,46% para 4,34 euros numa sessão em que atingiu os 4,379 euros por acção, o valor mais alto desde Maio de 2015. 


(Notícia actualizada às 16:50)




A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
BOLSA AMANHA Há 1 semana

Calma meus amigos, as cotadas que mais descemm, sao as que mais sobem. O bcp z mota engil vao subir bem.

Mota amanha acelera bem 5% Há 1 semana

A ordem de compra ja la esta, ao melhor, amanha upa upa,

BCP=Lili Caneças! Altri=Sara Sampaio!! Upa!! Há 1 semana

Os BCPatos outra vez a levar nas NALGAS! Comparem a acção BCP com a Altri. A Atri valia em 2012 1,70 € hoje cota a mais de 5 € e paga bons dividendos! Quanto ao BCP já valeu 5 € hoje vale 0,24 € depois de sucessivos aumentos de capital não paga dividendos e ainda fez o reverse split! BCP=meerda!

BCP Há 1 semana

A pior ação do mundo! Nem a valer uma autentica ninharia "penny stock" este titulo sobe! Há 6 meses que isto não passa dos 0,18-0,25€! Pior impossuvel! Sem futuro.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub