Bolsa PSI-20 pouco alterado numa Europa no vermelho

PSI-20 pouco alterado numa Europa no vermelho

O principal índice da bolsa de Lisboa arrancou a sessão desta quarta-feira pouco alterado enquanto as principais congéneres europeias estão em queda, ainda que ligeira, aliviando dos ganhos recentes.
A carregar o vídeo ...
Ana Laranjeiro 10 de janeiro de 2018 às 08:14

A bolsa de Lisboa arrancou a sessão pouco alterada numa Europa em queda ligeira. O PSI-20 arrancou a sessão a deslizar 0,05% para 5.651,65 pontos, mas rapidamente passou para terreno positivo, seguindo sete minutos após o início da sessão a subir 0,10% para os 5.660,03 pontos, com sete cotadas em queda, sete em alta e quatro inalteradas.

A marcar o dia nos mercados está nomeadamente a emissão sindicada que Portugal vai realizar. Esta quarta-feira, Portugal vai avançar com emissão de dívida a dez anos tendo, para o efeito, contratado um sindicato de bancos. O objectivo, sabe o Negócios, é arrecadar até três mil milhões de euros.

Além disso, os investidores vão estar atentos à divulgação de alguns dados económicos, como é o caso de o índice de preços de importação bem como o índice de preços de exportação, ambos relativos a Dezembro, nos Estados Unidos. E na Europa, vão ser conhecidos os dados relativos à produção industrial no Reino Unido e em França.

Em Lisboa, destaque para as acções da Jerónimo Martins, que sobem 0,63% para 16,90 euros. Ainda neste sector, a Sonae segue em terreno negativo, descendo 0,34% para 1,189 euros.

A impulsionar a bolsa nacional estão também os títulos da Galp Energia, que avançam 0,35% para 15,90 euros, numa altura em que os preços do petróleo continuam em alta nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para Portugal, sobe 0,42% para 69,11 dólares por barril.

Ainda na energia, o grupo EDP segue em terreno negativo, com a casa-mãe a descer 0,14% para 2,948 euros – uma evolução que tem lugar numa altura em que o mercado sabe já quais são as propostas para os órgãos sociais da eléctrica. António Mexia consegue novo voto de confiança para um quinto mandato, que decorrerá até 2020.

A EDP Renováveis desliza igualmente 0,14% mas para 6,96 euros. A REN abriu inalterada nos 2,536 euros.

O BCP, uma das empresas que mais ganha desde o início de 2018, sobe 0,17% para 30,32 cêntimos.

A Semapa cresce 0,75% para 18,80 euros, enquanto a Navigator cede 0,04% para 4,578 euros, depois de ontem ter tocado em máximos de Abril de 2015, tendo esta a acção a ser impulsionada pela notícia da venda do seu negócio de pellets nos Estados Unidos, que poderá render um ganho de 16,6 milhões de euros. A Altri desliza 0,19% para 5,31 euros.

Os CTT desvalorizam 0,47% para 3,802 euros. E a Nos soma 0,09% para 5,58 euros.


A Corticeira Amorim, que anunciou ao mercado esta quarta-feira a compra da sueca Elfverson por 5,5 milhões de euros, abriu inalterada nos 10,90 euros.


(Notícia actualizada às 8:22)




Saber mais e Alertas
pub