Bolsa PSI-20 sobe para máximos de Novembro de 2015

PSI-20 sobe para máximos de Novembro de 2015

Quatro cotadas do principal índice nacional negoceiam no valor mais alto em mais de um ano, numa altura em que as acções europeias estão a valorizar pela nona sessão consecutiva.
PSI-20 sobe para máximos de Novembro de 2015
Pedro Catarino/CM
Rita Faria 03 de outubro de 2017 às 10:20

A bolsa nacional está a reforçar os ganhos do início da sessão, com quatro cotadas a negociarem no valor mais alto em mais de um ano. Nesta altura, o PSI-20 valoriza 0,61% para 5.432,09 pontos, depois de já ter tocado nos 5.438,51 pontos, o valor mais alto desde Novembro de 2015. 13 cotadas seguem com sinal verde e apenas cinco em queda.

Na Europa, os principais índices seguem em alta ligeira, depois de a sessão norte-americana ter ficado marcada por novos recordes. As acções foram animadas por dados que mostram que o crescimento da actividade industrial nos Estados Unidos atingiu o nível mais alto em 13 anos e meio.

À excepção da bolsa de Amesterdão, que recua 0,01% e do espanhol IBEX, que está inalterado, todos os índices estão em alta. O alemão DAX está encerrado devido à comemoração de um feriado na Alemanha.

Na nona sessão consecutiva de subidas – a mais longa série de valorização desde Julho de 2015 – o índice de referência para a Europa ganha 0,01% para 390,15 pontos.

Em Lisboa, a tendência positiva está a ser determinada sobretudo pela Navigator e pela Mota-Engil. A construtora soma 3,34% para 3,284 euros – a cotação mais alta desde Abril de 2015 – enquanto a Navigator valoriza 2,37% para 4,232 euros, um máximo de Maio de 2015, com a empresa a ser beneficiada pelo alívio na subida do euro, tal como as restantes papeleiras.  

Além destas, também a Sonae já atingiu a cotação mais alta desde Abril de 2016, em 1,041 euros, seguindo nesta altura a subir 1,47% para 1,035 euros. A Altri, por seu lado, soma 3,01% para 4,73 euros – um máximo de Janeiro do ano passado – depois de, na sexta-feira, a JB Capital Markets ter iniciado a cobertura da cotada atribuindo às acções um preço-alvo de 5,40 euros.

A contribuir para o avanço do PSI-20 estão também a Nos e os CTT. A empresa de correios ganha 1,78% para 5,206 euros e a operadora valoriza 1,26% para 5,399 euros, a beneficiar da revisão em alta do preço-alvo para as acções por parte do CaixaBI para 6,5 euros.

Na energia, pelo contrário, a tónica é negativa, com a EDP a perder 0,03% para 3,095 euros, a EDP Renováveis a deslizar 0,45% para 7,138 euros e a Galp a recuar 0,07% para 14,86 euros.

Além destas, só o BCP e a Ibersol seguem com sinal negativo, com uma desvalorização de 0,08% para 24,58 cêntimos e de 0,04% para 12,925 euros, respectivamente. 




A sua opinião52
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Atenção à Pharol - RISCO ENORME! Há 2 semanas

Sem saber os termos de um eventual acordo é uma enorme irresponsabilidade vir aqui recomendar comprar Pharol. Façam o que quiserem com o vosso dinheiro, mas não enganem os outros. As coisas até podem correr bem, mas a probabilidade é pequena e o risco é enorme. A probabilidade dos actuais acionstas da Oi serem cilindrados é muito elevada. Nestas situações, salvam-se empregos e (alguns) credores. Acionistas geralmente perdem tudo, como aliás é normal visto que a alternativa é a falência. MUITO CUIDADO. O dinheiro é vosso e custou-vos muito a ganhar concerteza. Invistam se quiserem, mas conscientes do risco elevado de perda.

comentários mais recentes
pharolito Há 2 semanas

joãoferreira1, Eu não falo mal do BCP por ter em carteira acções (e muitas) do BCP. Si calhar estas a falar de um outro utilizador que tem como assunto re: Pharolito. Si calhar e resposta minha observação mas não é escrito por mim.

Re: joaoferreira1 Há 2 semanas

Não foi o Pharolito que falou do BCP, isso eu posso garantir... contudo no que a conversas respeitam com v.ex.a estão mais do que terminadas... um individuo mal educado como v.ex.a á muito que já deveria ter sido banido deste JN, que tão bons serviços tem prestado. E de Pharol v.ex.a nada percebe...

joaoferreira1 Há 2 semanas

Pharolito eu sei que gostas muito de falar do BCP...mas esse teu espírito democrático termina quando alguém fala do Pharolito. Como és burro e nem sabe qual é a OI que é transacionada no BOVESPA eu dou-te uma certa desculpa. Só tenho que te recordar que numa empresa em insolvencia quem manda são os credores...não são os acionistas. Vai lá perguntar aos acionistas do BES o que sobrou.

Re: Pharolito Há 2 semanas

Agora é que o Sr.º Pharolito acabou com o joaoferreira1! Fundiu-lhe o chip de vez!!! Este joaoferreira1 leva aqui com cada porrada... já não basta o que está a perder na sua cotada (BCP) onde investiu tudo o que tinha e talvez o que não tinha!

ver mais comentários
pub