Bolsa PSI-20 sobe pela terceira sessão com BCP e Nos a animar

PSI-20 sobe pela terceira sessão com BCP e Nos a animar

A bolsa nacional está a contrariar a tendência negativa das principais congéneres europeias na última sessão bolsista desta semana.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 13 de abril de 2017 às 08:15

A bolsa nacional está a negociar em alta esta quinta-feira, 13 de Abril, pela terceira sessão consecutiva, com o PSI-20 a ganhar 0,10% para 4.984,45 pontos. Das 19 cotadas que compõem o principal índice nacional, 12 estão em alta, três em queda e quatro inalteradas.

Lisboa contraria, desta forma, a tendência negativa das principais praças europeias, nesta que é a última sessão bolsista da semana. A agenda do dia não tem indicadores económicos em destaque, estando as atenções centradas na divulgação das contas de três grandes bancos norte-americanos: Citigroup, JP Morgan e Wells Fargo.

Por cá, o BCP e a Nos são as cotadas que mais impulsionam o PSI-20. O banco liderado por Nuno Amado avança 0,56% para 18,1 cêntimos, enquanto a operadora ganha 0,39% para 5,181 euros.

A contribuir para a subida do índice nacional estão ainda as valorizações ligeiras da Jerónimo Martins, EDP e das cotadas do sector da pasta e do papel.

A retalhista dona dos supermercados Pingo Doce soma 0,09% para 16,775 euros, depois de ter chegado a negociar ontem nos 16,88 euros, o valor mais elevado desde Junho de 2013.

Já a EDP sobe 0,06% para 3,167 euros. Na quarta-feira, a Moody’s considerou que a venda da espanhola Naturgas e da portuguesa EDP Gás por mais de três mil milhões de euros vai ter impacto nos lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) do grupo. 

"Como resultado da venda da EDP Gás e da Naturgas, a proporção dos ganhos da EDP com as redes reguladas ibéricas vai recuar, de aproximadamente 27% do EBITDA do grupo de 3.700 milhões de euros em 2016, para 22%", escreveram os analistas da Moody's em comunicado.

No restante sector, a REN ganha 0,22% para 2,76 euros, a EDP Renováveis cai 0,23% para 6,974 euros e a Galp Energia desliza 0,14% para 14,63 euros.

Entre as cotadas da pasta e do papel, a tendência é positiva. A Semapa soma 0,69% para 14,60 euros, a Altri ganha 0,29% para 4,176 euros e a Navigator valoriza 0,26% para 3,79 euros.

Além da EDP Renováveis e da Galp, a única cotada que segue com sinal vermelho é a Novabase com uma descida de 0,29% para 3,111 euros. 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 13.04.2017

MENTIRA BCP NÃO PÁRA DE CAÍR.DENTRO DE ALGUM TEMPO TEREMOS NOVO AUMENTO DE CAPITAL COM ESTE PULHA DO MAMADO

luis 13.04.2017

A UE tem provocado a destruição económica de Portugal, mas estamos a ressuscitar das cinzas. Há uqe ter politicas de desenvolvimento e exigir os nossos direitos numa europa neoliberal.

Tereza economista 13.04.2017

O crescimento da bolsa mais do que as congéneres indicam que após seis meses a economia pode ter um forte impulso de crescimento. Lisboa está a dar boas indicações,

pub