Trading Quanto ganham os gestores de "hedge funds" mais lucrativos do mundo

Quanto ganham os gestores de "hedge funds" mais lucrativos do mundo

Os ganhos dos gestores destes fundos caíram para mínimos de uma década. Conheça os que mais ganharam no ano passado.
Quanto ganham os gestores de "hedge funds" mais lucrativos do mundo
Jonathan Ernst
Mariana Adam 17 de maio de 2017 às 13:10

Os 25 mais bem pagos responsáveis por gestoras de "hedge funds" ganharam 11 mil milhões de dólares em 2016, segundo o "ranking" anual divulgado pela publicação especializada Institutional Investor's Alpha, o valor mais baixo desde 2005. Este valor representa pouco mais de metade do arrecadado há três anos. Isto porque os investidores estão a desinvestir nos "hedge funds" devido ao fraco desempenho e elevadas taxas.  

No topo desta lista está, pelo segundo ano consecutivo, James Simons (na foto), presidente e fundador da Renaissance Technologies, cujos fundos dependem essencialmente de modelos quantitativos assentes em algoritmos e não de decisões humanas para gerar retorno, explica o Financial Times. O matemático, que durante a Guerra Fria tentava quebrar códigos, acumulou no ano passado ganhos de 1.600 milhões de dólares, menos 100 milhões do que em 2015, apesar de os seus dois principais fundos apresentaram retornos de dois dígitos.

Ray Dalio, fundador da Bridgewater, que administra cerca de 160 mil milhões de dólares em activos para 350 clientes institucionais, ficou este ano em segundo lugar com ganhos iguais aos do ano anterior: 1.400 milhões. O gestor é especialista em lucrar com as alterações das tendências macroeconómicas e, através dos modelos que desenvolve, previu em 2007 a crise financeira de 2008, conseguindo lucrar com um dos momentos mais críticos de sempre para os mercados financeiros.

Em terceiro lugar, "ex aequo", ficaram John Overdeck e David Siegel, que juntos fundaram a Two Sigma: cada um recebeu 750 milhões. No ano passado, os responsáveis da gestora - que também aplica modelos quantitativos aos mercados - arrecadaram 500 milhões de dólares, de acordo com o mesmo "ranking" da Alpha.

A remuneração dos responsáveis por estes veículos de investimento que utilizam estratégias sofisticadas é garantida sobretudo pela participação nos ganhos que os seus fundos consigam e nas comissões que cobram aos investidores.