Bolsa Queda do BCP ofusca ganho da Galp e leva PSI-20 a contrariar ganhos europeus

Queda do BCP ofusca ganho da Galp e leva PSI-20 a contrariar ganhos europeus

A bolsa nacional terminou a sessão com uma desvalorização ligeira, com o principal índice a ser penalizado pelas acções do BCP. No resto da Europa, o sentimento é positivo, com os investidores à espera do BCE.
A carregar o vídeo ...
Ana Laranjeiro 19 de julho de 2017 às 16:45

A bolsa nacional terminou a sessão em queda ligeira, com o PSI-20 a recuar 0,11% para 5.302,36 pontos, com 12 cotadas em alta, seis em queda e uma inalterada. Entre as restantes praças europeias o sentimento é de ganhos, numa altura em que a época de resultados prossegue e na véspera do encontro do Banco Central Europeu, agendado para amanhã. Os investidores vão tentar perceber se Mario Draghi, na conferência de imprensa após a reunião de política monetária, deixa indicações sobre uma eventual redução do seu programa de estímulos.

A marcar o dia nos mercados está ainda a negociação do euro, que alivia do máximo de mais de um ano alcançado ontem. O dólar, na última sessão, foi penalizado por mais um golpe nos planos de Donald Trump para anular o Obamacare e aprovar uma nova legislação para os cuidados de saúde nos Estados Unidos. Mais dois senadores republicanos mostraram-se contra à revogação e substituição do Affordable Care Act, mais conhecido como Obamacare. Mike Lee, do Utah, e Jerry Moran, do Kansas, mostraram-se contra o plano de reforma do líder dos Republicanos, o que, a acrescentar à oposição de Rand Paul, do Kentucky, e Susan Collins, do Maine, é suficiente para condenar a medida. Por esta altura, o euro cede 0,30% para 1,1519 dólares.

Em Lisboa, destaque para as acções do BCP, que terminaram o dia a desvalorizar 1,91% para 24,62 cêntimos. Ainda neste sector, o Montepio terminou inalterado nos 1 euro.

No vermelho terminou também a Corticeira Amorim que desceu 2,12% para 12,25 euros.

A Jerónimo Martins também contribuiu para a queda da bolsa nacional, tendo terminado o dia a descer 0,51% para 17,63 euros. A Sonae recuou 1,11% para 98,4 cêntimos.

No sector energético, a Galp subiu 1,18% para 13,72 euros, estando assim em linha com os preços do petróleo nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, referência para as importações nacionais, ganha 1,35% para 49,50 dólares por barril.

A EDP subiu 0,57% para 3,00 euros. A eléctrica apresenta as suas contas trimestrais na próxima semana mas, esta quarta-feira, 19 de Julho, o Haitong emitiu uma nota onde antecipa que os lucros tenham subido 6% no segundo trimestre.

A EDP Renováveis avançou 0,09% para 6,87 euros. A companhia liderada por Manso Neto apresenta igualmente os seus números na próxima semana e o banco de investimento Haitong estima que a EDP Renováveis tenha fechado o segundo trimestre deste ano com lucros de 49 milhões de euros, o que compara com os prejuízos de 16 milhões de euros registados no mesmo período do ano passado. A REN valorizou 0,55% para 2,739 euros.

A Nos, que amanhã apresenta os seus resultados, fechou a sessão a subir 0,79% para 5,459 euros. O CaixaBI estima que a operadora liderada por Miguel Almeida tenha registado lucros de 32,1 milhões de euros no segundo trimestre.

No sector da pasta e do papel, a Altri ganhou 0,45% para 4,018 euros. A Semapa avançou 1,04% para 17,45 euros. Já a Navigator perdeu 0,24% para 3,731 euros.


(Notícia actualizada às 16:52)




Saber mais e Alertas
pub