Bolsa Queda dos direitos arrasta acções do BCP para quarta sessão em baixa

Queda dos direitos arrasta acções do BCP para quarta sessão em baixa

As acções do BCP estão a negociar em queda pela quarta sessão consecutiva, sendo o banco liderado por Nuno Amado a única cotada do PSI-20 no vermelho. Os direitos deslizam quase 2%.
Queda dos direitos arrasta acções do BCP para quarta sessão em baixa
Pedro Elias/Negócios
Rita Faria Nuno Carregueiro 26 de janeiro de 2017 às 08:56

É mais uma sessão de perdas para as acções e direitos do BCP, a única cotada do PSI-20 que negoceia com sinal vermelho no arranque da sessão desta quinta-feira, 26 de Janeiro.

 

Naquela que é já a quarta sessão consecutiva de perdas, as acções do banco liderado por Nuno Amado descem 0,53% para 14,92 cêntimos, arrastadas pela desvalorização dos direitos de subscrição do aumento de capital. Estes títulos caem 1,92% para 76,5 cêntimos, perdendo terreno pela terceira sessão consecutiva.

 

A queda mais forte nos direitos acentuou a divergência entre os dois títulos, com as acções a ficarem ainda mais "caras" face aos direitos. À cotação actual das acções (14,92 cêntimos) corresponde um valor teórico dos direitos de 82,80 cêntimos. Já à cotação dos direitos (76,5 cêntimos), corresponde um valor teórico das acções de 14,5 cêntimos.

 

Ou seja, comprar os direitos permite a aquisição das acções a um preço 2,9% inferior à cotação das acções em bolsa. Um desequilíbrio que tem sido constante desde o início da negociação dos direitos na semana passada.

 

O Negócios noticiou esta quarta-feira que os investidores portugueses deverão ficar com menos de um terço do capital do BCP após o aumento de capital em curso.

 

Os direitos negoceiam em bolsa até à próxima segunda-feira, 30 de Janeiro, terminando a 2 de Fevereiro (quinta-feira) o período de exercício.

 

No âmbito do aumento de capital de 1.332 milhões de euros, cada direito permite a compra de 15 acções, mediante o pagamento de 9,4 cêntimos por cada uma. 

 


A sua opinião26
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado joaoferreira1 26.01.2017

Caríssimo se já perdeu dinheiro sem conta no BCP...perdeu uma boa oportunidade para se livrar desse peso morto.

comentários mais recentes
Jonass 26.01.2017

Definitivamente tenho o chip trocado "oferta de compra que existia"

Jonass 26.01.2017

Desculpem, queria dizer "oferta de venda que existia"

Jonass 26.01.2017

Caramba, os investidores chegaram para almoçar, e despejaram ordem a mercado e consumindo toda a oferta de venda que existia. ou saja o BID

Anónimo 26.01.2017

Não percebo! Os DS estão a "deslizar" mais de 11/% e até já ultrapassaram os 12%. Então e a CMVM, não faz nada? Desculpem a a minha ignorância!

ver mais comentários
pub