Bolsa Quinta-feira de alta tensão deixa investidores prudentes e Wall Street no vermelho

Quinta-feira de alta tensão deixa investidores prudentes e Wall Street no vermelho

Ex-director do FBI no Senado, eleições britânicas e decisão do BCE: este trio de eventos de quinta-feira está a deixar as bolsas em alerta.
Quinta-feira de alta tensão deixa investidores prudentes e Wall Street no vermelho
Reuters
Carla Pedro 06 de junho de 2017 às 21:42

Do outro lado do Atlântico, os investidores reagiram hoje da mesma forma que no Velho Continente: à cautela, vender ou ficar à margem, mas comprar não. Resultado: segundo dia de Wall Street em baixa. Tudo à conta da quinta-feira "cheia" que se aproxima, com o ex-director do FBI a falar no Senado, as eleições gerais a decorrerem no Reino Unido e o Banco Central Europeu (BCE) a anunciar a sua decisão de política monetária.

 

O Dow Jones fechou a ceder 0,23% para 21.136,23 pontos, ao passo que o Standard & Poor’s 500 recuou 0,30% para 2.429,34 pontos.

 

Também o tecnológico Nasdaq Composite cedeu terreno, tendo terminado a perder 0,33% para 6.275,05 pontos.

 

Assim, depois de na passada sexta-feira estes três índices terem marcado novos máximos históricos, esta semana a precaução dos investidores colocou-os no vermelho, se bem que as descidas não estejam a ser muito expressivas.

 

A penalizar a negociação estiveram sobretudo os títulos industriais. A contrabalançar os efeitos negativos esteve o sector da energia, devido à recuperação dos preços do petróleo esta terça-feira.

 

Agora, as atenções estão todas viradas para 8 de Maio. Um dos acontecimentos é o da audição no Senado norte-americano de James Comey, ex-director do FBI que foi demitido por Donald Trump. Está criada a expectativa de que o testemunho de Comey ajude a esclarecer de que forma a política da Administração Trump está a ser eficaz, refere a Bloomberg,

 

Por outro lado, decorrerão as eleições gerais no Reino Unido, estando tudo em aberto, já que as últimas sondagens não são conclusivas.

 

Ainda a completar a sucessão de eventos na quinta-feira, teremos o BCE, que anunciará a sua decisão sobre polícia monetária.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub