Bolsa Recuperação da EDP e ganhos do retalho dão impulso ao PSI-20

Recuperação da EDP e ganhos do retalho dão impulso ao PSI-20

A bolsa nacional acompanhou os ganhos das principais praças europeias, animadas pela recuperação das tecnológicas. Por cá, EDP, Jerónimo Martins e Sonae foram as empresas que mais impulsionaram.
Recuperação da EDP e ganhos do retalho dão impulso ao PSI-20
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 13 de junho de 2017 às 16:43

A bolsa nacional encerrou em alta esta terça-feira, 13 de Junho, com o PSI-20 a ganhar 0,87% para 5.303,85 pontos. Das 19 cotadas que formam o principal índice nacional, 13 fecharam em alta e seis em queda.

Lisboa acompanhou, desta forma, a tendência positiva das praças europeias, que recuperaram parte das perdas registadas na sessão de ontem, devido à queda das tecnológicas. O índice que reúne as principais empresas deste sector está a subir praticamente 1%, o que, juntamente com as cotadas do retalho e viagens, contribui para a valorização de 0,5% do Stoxx600.

Por cá, a EDP, a Jerónimo Martins e a Sonae foram as empresas que mais animaram o PSI-20. Acompanhando o optimismo do sector na Europa, a retalhista liderada por Pedro Soares dos Santos ganhou 1,34% para 17,83 euros, enquanto a Sonae apreciou 2,57% para 95,7 cêntimos.

Já a EDP valorizou 1,55% para 3,219 euros, recuperando parte da forte descida de ontem. Na segunda-feira, os títulos da eléctrica afundaram 3,09%, penalizados pela notícia de que o Governo quer reaver cerca de 500 milhões de euros da EDP, dinheiro que terá sido pago a mais durante dez anos.

Ainda na energia, a EDP Renováveis subiu 0,24% para 6,972 euros, a REN ganhou 0,85% para 2,857 euros e a Galp Energia valorizou uns ligeiros 0,15% para 13,52 euros, num dia de perdas para o petróleo nos mercados internacionais.

A matéria-prima desliza mais de 0,5% em Londres e Nova Iorque depois de a OPEP ter revelado que a produção dos seus membros aumentou em mais de 300 mil barris por dia, em Maio, o mês em que foi acordada a extensão dos cortes até Março do próximo ano. 

A contribuir para a subida do PSI-20 estiveram também o BCP, os CTT e as cotadas do sector da paste e do papel. A empresa de correios somou 1,18% para 5,641 euros e o banco liderado por Nuno Amado apreciou 0,42% para 23,9 cêntimos. 

No sector da paste e do papel, a Navigator ganhou 2,7% para 3,994 euros, a Altri subiu 1,56% para 4,375 euros e a Semapa valorizou 1,26% para 16,90 euros. 

Por outro lado, a Pharol e a Corticeira Amorim impediram maiores ganhos do índice nacional, com descidas de 0,67% para 29,8 cêntimos e 0,44% para 12,405 euros, respectivamente. 

(Notícia actualizada às 16:47)




A sua opinião27
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado lotr Há 1 semana

eh pá, adoro o vosso optimismo, mas vamos lá com calma caraças! :)

comentários mais recentes
Raiva Há 1 semana

A raiva contra o BCP continua! Os comentadores anti-BCP estão todos ricos!
Aliás até são a classe mais esperta de investidores pois utilizam instrumentos da análise financeira para fundamentarem as suas sábias opiniões! Deixem o BCP falir à vontade! Mas afinal qual é o vosso problema de risco?

BCP tem sido ajudado Há 1 semana

Por fundos, bancos e outras instituições que de forma direta e indireta têm posições no BCP, disparando noticias umas atrás das outras para se capitalizarem e mais tarde saírem com enormes lucros... contudo a esmagadora maioria destas noticias não têm qualquer validade. Pura especulação.

adorei o comentário! Há 1 semana

"eh pá, adoro o vosso optimismo, mas vamos lá com calma caraças! :)" Nada melhor descreve o panorama do BCP... Vai ser um estoiro!

Re: PENA TEMOS DE TI Ó RESSABIADO Há 1 semana

70%-900%=-830%. Falta-lhe quanto? 600%? Pois... q/vos ouvir falar até parece que de um momento para o outro o BCP deixou de estar falido! Imparidades a perder de vista, margens bancárias baixissimas e panorama de instabilidade em toda a Europa, vamos ver aonde é que o BCP vai parar. Vai uma aposta?

ver mais comentários
pub