Bolsa Santander cai mais de 2% e arrasta Madrid para perdas

Santander cai mais de 2% e arrasta Madrid para perdas

O banco recua depois de a instituição ter anunciado um reforço de capital que rondará os 7.000 milhões de euros, no âmbito da integração do Banco Popular, alvo de medida de resolução esta quarta-feira.
Santander cai mais de 2% e arrasta Madrid para perdas
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 07 de junho de 2017 às 11:31
Os títulos do espanhol Banco Santander já estiveram a cair mais de 3% na sessão desta quarta-feira, 7 de Junho, depois de conhecida a decisão de aumentar o capital do banco em cerca de 7.000 milhões de euros no seguimento da compra do Banco Popular no âmbito da medida de resolução aplicada à instituição.

Os papéis da instituição liderada por Ana Botín caem 2,5% para 5,655 euros, a acumular perdas pela terceira sessão, depois de já terem estado a perder 3,36%. Ao longo da sessão, contudo, a acção ainda chegou por momentos a registar ganhos, que chegaram a ser de 0,81%.

Os recuos das acções do Santander penalizam a prestação da bolsa espanhola, que passou de ganhos a perdas de 0,59%, sendo o IBEX 35 dos poucos índices que recuam na Europa. Ainda assim, o índice europeu para o sector financeiro continua positivo em 0,9%, nos 181,13 pontos.

A compra por um euro do Banco Popular e o reforço de capitais em 7.000 milhões de euros - com direito preferencial aos actuais accionistas do Santander - para assegurar essa integração foi conhecida esta manhã.

A presidente do Santander, Ana Botín, em declarações posteriores à imprensa, estimou que este investimento tenha uma rentabilidade de 13% a 14% em 2020. 

A venda foi feita no âmbito de um processo de resolução que inclui a amortização total das acções do banco, bem como a a conversão em capital das obrigações convertíveis de capital contingente e da dívida subordinada.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
O BCP e os CARVALHOS 07.06.2017

MONTEPIO + 90 % BCP -- 5 % PHAROL + 10 % BCP -- 3 % CIMPOR + 130 % BCP --- 25 % cortiçeira AMORIM + 120 % BCP --- 8 % RAIOS PARTAM o MILENIUM BCP QUE NÃO VALE A PONTA DE UM CARVALHO

anonimo 07.06.2017

Só o BCP é que não sobe... uma desilusão este titulo... quando é que me safarei deste tormento.

Anónimo 07.06.2017

Sim, mas todos os outros bancos de Espanha sobem e bem!!!

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub