Bolsa Sete acções que entraram no radar dos gurus da bolsa

Sete acções que entraram no radar dos gurus da bolsa

Alguns dos investidores mais famosos do mundo estiveram activos no mercado. A Altaba, “herdeira” da Yahoo, foi uma das apostas mais consensuais. E a Altice USA também entrou no radar.
Sete acções que entraram no radar dos gurus da bolsa
Reuters
Rui Barroso 26 de agosto de 2017 às 10:45

Os grandes investidores americanos revelaram recentemente as posições das suas carteiras ao regulador financeiro americano. Essas posições, referentes ao segundo trimestre, mostram algumas novas apostas de investidores como Warren Buffett, John Paulson ou George Soros, segundo dados coligidos pela Gurufocus com base naquelas comunicações.

Altaba, a via indirecta para apostar na Alibaba

A Yahoo foi comprada pela Verizon. Mas nem todos os activos da empresa foram incluídos nesse negócio. As participações na Alibaba e na Yahoo Japão foram herdadas por uma nova empresa, a Altaba. E esta "holding" foi uma das novas apostas no segundo trimestre de investidores como George Soros e John Paulson.  Tendo em conta o preço médio das acções no segundo trimestre terão investido mais de 100 milhões de dólares na empresa.

E a aposta revela-se certeira. Os títulos ganham mais de 18% desde o final do segundo trimestre. As acções beneficiaram do anúncio, em Julho, de um programa de compra de acções próprias e também dos resultados positivos da Alibaba.

Alibaba também foi alvo de investimentos fortes

David Tepper é um dos gestores de "hedge funds" com mais sucesso em Wall Street. O gestor e fundador da Appaloosa reforçou a aposta na antiga Yahoo, mas o investimento mais forte do segundo trimestre foi nas acções da própria Alibaba. Segundo a Gurufocus comprou quase 3,7 milhões de euros de títulos negociados na bolsa americana representativos do capital da empresa chinesa de comércio electrónico. Ao preço médio do segundo trimestre, esse investimento pode ter significado qualquer coisa como 450 milhões de dólares. E a aposta tem compensado. A Alibaba sobe mais de 20% desde o final de Junho. Chegou mesmo a tocar em máximos históricos.

Synchrony Financial atraiu Warren Buffett

Warren Buffett foi comedido em novas apostas no segundo trimestre. Mas a Synchrony Financial atraiu a atenção da equipa do Oráculo de Omaha. O suficiente para o investidor aplicar cerca de 500 milhões de dólares na empresa especializada em produtos financeiros como créditos ao consumo, cartões de crédito e que cria programas de fidelização para empresas. Em Abril, as acções da Synchrony Financial tiveram quedas significativas depois de a empresa ter revelado que o crédito em incumprimento tinha aumentado. Mas, para Buffett, a acção deverá ter ficado subavaliada. Desde o final de Junho, os títulos sobem 2%.

Oráculo de Omaha entra nos fundos de mercado imobiliário

Além da Synchrony Financial, a outra nova aposta foi a Store Capital, um fundo de investimento imobiliário cotado em bolsa (REIT na sigla em inglês). Buffett apostou 377 milhões de dólares nessa entidade, que tem exposição a edifícios destinados ao comércio de retalho. Apesar dos receios de que este sector venha a sofrer com a maior preferência dos consumidores por comércio electrónico, a taxa de rentabilidade superior a 5% deste REIT terá convencido Warren Buffett. Os títulos da Store Capital ganham 11% desde Junho.

EQT Corp nas escolhas de George Soros

A produtora americana de gás natural EQT Corp foi uma das novas apostas de George Soros. O fundo do multimilionário terá aplicado cerca de 40 milhões de dólares na empresa, tendo em conta a cotação média das acções no segundo trimestre. A EQT Corp tem estado activa nas compras. Em Junho acordou adquirir a rival Rice Energy por 6,7 mil milhões de dólares. Há analistas a antecipar sinergias significativas. As acções da empresa sobem 4% desde o final do segundo trimestre.

Altice USA também atrai o "grande especulador"

A Altice USA entrou em bolsa no passado mês de Junho. E George Soros, a quem alguns chamam como o "grande especulador" foi um dos investidores a apadrinhar a ida da empresa para o mercado. Aos preços com que a subsidiária americana da dona da PT Portugal foi para bolsa, o investimento do multimilionário situou-se em cerca de 20 milhões de dólares. Face ao valor das acções na Oferta Pública de Venda os títulos valorizam 2%.

Vistra Energy na mira de John Paulson

O sector da electricidade nos EUA tem passado por reestruturações. E uma das grandes novas apostas de John Paulson passa pela Vistra Energy, a empresa que foi criada para ficar com activos da bancarrota da TXU Energy. O gestor que fez fortuna durante a crise do "subprime" investiu mais de 170 milhões de dólares na Vistra Energy. Com o balanço mais forte, a empresa está a assumir um papel relevante na onda de fusões e aquisições no sector. Sobe 5% desde final de Junho.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp 27.08.2017

Foi dado a conhecer os mais ricos da Europa q tiveram e gentileza de abrirem as portas as suas fortunas,nao o fizeram todos.consultei a lista de 17 ultra milionarios em nosso redor:temos um espanhol em primeiro lugar com 1 Fortuna de 60,6mil milhoes e temos A.Amorim em 15 lugar com 3,7 mil milhoes.

General Ciresp 26.08.2017

Secalhar e assim:nos vemos os mares cada vez mais cheios,e quem os alimenta(rios)cada vez mais secos.So nos falta saber qual o produto q os gurus aplicam nos seus ganhos para q eles nao sejam transitaveis nas sociedades,tal como a agua do mar(salgada).O radical vai empurrando as riquezas p o isolame

pub