Bolsa Sonae Capital, Navigator e Semapa são as preferidas em Lisboa

Sonae Capital, Navigator e Semapa são as preferidas em Lisboa

A Sonae Capital é a empresa que apresenta os melhores "ratings" dos analistas, com 100% de recomendaçõres de compra, seguida pela Semapa e pela Navigator.
Sonae Capital, Navigator e Semapa são as preferidas em Lisboa
Bruno Simão/Negócios
Patrícia Abreu 06 de fevereiro de 2018 às 10:00
Sonae Capital pode ganhar com "boom" do turismo
A Sonae Capital é actualmente a única cotada da bolsa lisboeta que apenas tem recomendações de compra. A dona do Tróia Resort apenas é acompanhada pelo BPI e pelo CaixaBI, mas é aposta para ambos os bancos de investimento. "A empresa pode tirar partido do ‘boom’ do turismo, dos vistos ‘gold’ e da popularidade única de que o país está a ser alvo entre a comunidade de viajantes", escreveu recentemente o CaixaBI. Face ao preço-alvo médio de 1,19 euros, a empresa apresenta um potencial de subida de 20,6%.

Analistas dão potencial de subida de 8% à Semapa
A Semapa é uma das empresas preferidas dos analistas na bolsa portuguesa. Dos cinco bancos que seguem a cotada, quatro mandam "comprar" e só um diz para "manter". Os analistas dão um preço-alvo médio de 19,25 euros à empresa, uma avaliação que apresenta um potencial de subida de 8,15% face à cotação actual. Além das perspectivas positivas para a evolução do sector do papel e para o sector do cimento em Portugal e no Brasil, o BPI diz que as acções estão "a negociar a um desconto mais elevado do que a média face ao valor líquido dos activos". 

Navigator entre as preferidas dos analistas
A Navigator está entre as cotadas do PSI-20 com as melhores avaliações dos analistas. Com uma proporção de 62,5% de recomendações de "comprar", apresenta uma margem de subida de 6,7%, face ao "target" médio (4,50 euros). "O caso de investimento da Navigator continua a ser muito simples: um balanço robusto, níveis de eficiência operacional elevados, forte geração de ‘cash flow’ e capacidade de gestão e controlo accionista para manter uma política de dividendos generosa", adiantou o BPI, numa nota em que reiterou a Navigator na sua lista de apostas.



pub