Obrigações S&P sobe rating mas mantém BPI no "lixo"

S&P sobe rating mas mantém BPI no "lixo"

A subida de dois níveis na notação de risco do BPI deve-se ao facto de o banco português ser agora controlado pelo CaixaBank.
S&P sobe rating mas mantém BPI no "lixo"
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro 13 de fevereiro de 2017 às 14:09

A Standard & Poor’s (S&P) elevou o "rating" do BPI em dois níveis, de "BB-" para "BB+", uma classificação que continua a constar na categoria de "lixo".

A agência Fitch, na semana passada, também tinha melhorado a notação financeira do BPI em dois níveis, de "BB" para "BBB-", o que foi suficiente para retirar o banco liderado por Fernando Ulrich da categoria de investimento especulativo.

Tal como a Fitch, também a S&P justifica a revisão do "rating" do BPI com a OPA do CaixaBank, através da qual o banco espanhol passou a controlar 84,5% do capital da instituição financeira portuguesa.

"Consideramos que o BPI é agora uma subsidiária estrategicamente importante para o CaixaBank", sendo um "importante activo para a estratégia de longo prazo do grupo", assinala a S&P. Por isso, "esperamos que o BPI beneficie de apoio da casa-mãe, incluindo financeiro, caso seja necessário".  

A agência salienta que a limitar a subida do rating do BPI está a notação financeira de Portugal, que também se encontra no primeiro nível de "lixo".

Apesar de destacar que o CaixaBank tem ganho experiência na integração com sucesso de outras entidades, "melhorar a rentabilidade do BPI será um desafio" para o CaixaBank, "sobretudo se a participação na unidade angolana BFA voltar a reduzir-se".

As acções do banco, que em breve passará a ser liderado por Pablo Forero, somam 1,09% para 0,930 euros, fora do índice PSI-20.




A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Para pertinaz: Lixo espanhol n/ vai ser, porque espanhois são bem mais inteligentes que os burros Portugueses. Exemplo Santander teve lucros fabulosos á custa do roubo feito aos acionistas por esses chico espertos que estavam e estão à frente BES, BANIF,BNP e BPI.Esses são lixo da nossa sociedade

Anónimo Há 1 semana

O bpi nunca passou de lixo: Foi um bom banco no tempo do Fonseca & Burnay,logo que este nome acabou tudo mudou, antigamente a cara do cliente era o cartão de visita, hoje o cliente é mais um numero. Mas tambem o banco não passa daquilo que é.( um banquinho nas mãos do Hulrich)

pertinaz Há 1 semana

LIXO ESPANHOL?

José Carlos Pires Há 1 semana

Muito obrigado pelo esclarecimento, investidor.
Vicente o que faço mesmo é livrar-me da bolsa por uns tempos , obrigado pelo comentário.

ver mais comentários
pub