Crédito Taxas de juro no crédito à habitação sobem em Outubro

Taxas de juro no crédito à habitação sobem em Outubro

As taxas de juro implícitas nos empréstimos bancários para a compra de casa aumentaram ligeiramente em Outubro. Ao mesmo tempo, o capital em dívida também cresceu.
Taxas de juro no crédito à habitação sobem em Outubro
Sara Antunes 21 de novembro de 2017 às 11:25
As taxas de juro implícitas no crédito à habitação aumentaram, em Outubro, de acordo com os dados divulgados esta terça-feira, 21 de Novembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A subida é ligeira, tendo passado de 1,009% em Setembro, para 1,016%, em Outubro. Apesar da subida, os juros continuam bastante baixos. Há um ano estavam nos 1,038%.

O capital médio em dívida também aumentou para 51.571 euros, uma evolução natural uma vez que a concessão de crédito tem vindo a crescer nos últimos tempos. "Para os contratos celebrados nos últimos três meses, o montante médio do capital em dívida subiu de 94.003 euros observados em setembro para 95.520 euros", adianta o INE.

Este valor de capital em dívida dos contratos celebrados nos últimos três meses é o mais elevado desde, pelo menos, Janeiro de 2009 - último dado disponibilizado pelo INE. 

A prestação média vencida acompanhou a evolução, atingindo os 240 euros, quando em Setembro era de 239 euros.



pub