Crédito Taxas Euribor atingem novos mínimos em todos os prazos

Taxas Euribor atingem novos mínimos em todos os prazos

O indexante do crédito à habitação a seis meses está próximo dos -0,22%.
Taxas Euribor atingem novos mínimos em todos os prazos
Bruno Simão/Negócios
Negócios com Lusa 22 de Novembro de 2016 às 10:51

As taxas Euribor desceram hoje a três, seis, nove e 12 meses para novos mínimos de sempre em relação a segunda-feira.     

 

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de Abril de 2015, desceu hoje para -0,313%, menos pontos base do que na segunda-feira e actual mínimo histórico registado pela primeira vez em 19 de Outubro.     

 

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno negativo pela primeira vez em 6 de Novembro de 2015, foi hoje fixada em -0,220%, menos pontos base do que na segunda-feira e um novo mínimo de sempre.

 

A taxa a seis meses desceu pela quarta sessão, estando a ser pressionada pela renovada expectativa de reforço e prolongamento dos estímulos de política monetária por parte do Banco Central Europeu.

 

No prazo de nove meses, a Euribor recuou hoje para -0,139%, novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos percentuais do que na véspera.

 

Depois de ter sido fixada em valores negativos entre 27 de Novembro e 03 de Dezembro de 2015, a Euribor a nove meses voltou para níveis abaixo de zero em 07 de Janeiro deste ano, nos quais se tem mantido desde então.    

 

Com a mesma tendência, a 12 meses, a Euribor, que desceu para valores abaixo de zero pela primeira vez em 05 de Fevereiro deste ano, também caiu hoje para -0,079%, novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos percentuais do que na segunda-feira.

 

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Hessy Há 2 dias

Aletvnatire lenders reduce your credit score. So not only your guests drop, the damage will remain on your report for 7 years. Pay insane interest and fees on time and hurt your credit? This is the best case.

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub