Crédito Taxas implícitas no crédito à habitação abrandam tendência de queda

Taxas implícitas no crédito à habitação abrandam tendência de queda

As taxas implícitas nos empréstimos para compra de casa continuam a renovar mínimos. Ainda assim, diminuíram o ritmo de descida em Novembro, mostram os números do INE.
Taxas implícitas no crédito à habitação abrandam tendência de queda
Patrícia Abreu 21 de dezembro de 2016 às 11:26

As taxas implícitas no crédito à habitação abrandaram a tendência de queda, em Novembro. O índice recuou para 1,032% no último mês, um novo mínimo histórico. Já a prestação média vencida manteve-se inalterada.

 

"A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação situou-se em 1,032% em Novembro (1,038% em Outubro)", adianta o Instituto Nacional de Estatística (INE), num comunicado emitido esta quarta-feira, 21 de Dezembro. Apesar da descida, o ritmo de queda abrandou face aos meses anteriores. Em Outubro, as taxas implícitas tinham recuado nove pontos base, enquanto em Setembro tinham corrigido 12 pontos.

 

Nos novos contratos, celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro implícita manteve-se inalterada nos 1,960% em Novembro.

 

"O valor médio da prestação vencida para o conjunto dos contratos de crédito à habitação situou-se, em Novembro, em 237 euros, valor que se repete pelo terceiro mês consecutivo", acrescenta o INE.

 

Já o montante de capital médio em dívida para a totalidade dos contratos de crédito à habitação diminuiu 41 euros em Novembro, para 51 597 euros.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 semanas


PS vai receber donativos dos clientes do BES a quem fez um favor milionário, pago pelos portugueses!

BES

PS rouba 270 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais".


comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas


PS vai receber donativos dos clientes do BES a quem fez um favor milionário, pago pelos portugueses!

BES

PS rouba 270 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais".


pub
pub
pub
pub