Bolsa Teixeira Duarte dispara mais de 17% com obra na Argélia

Teixeira Duarte dispara mais de 17% com obra na Argélia

Os títulos da construtora já atingiram a cotação mais elevada desde meados de Agosto, depois de a empresa ter anunciado um contrato na Argélia no valor de 137 milhões de euros.
Teixeira Duarte dispara mais de 17% com obra na Argélia
Rita Faria 12 de outubro de 2017 às 08:45

As acções da Teixeira Duarte estão a registar uma forte subida esta quinta-feira, 12 de Outubro, a beneficiar do anúncio de que a construtora portuguesa ganhou um grande contrato na Argélia. 

 

Os títulos ganham 14,10% para 34,8 cêntimos, depois de terem chegado a disparar um máximo de 17,05% para 35,70 cêntimos, a cotação mais elevada desde 17 de Agosto. Se esta fosse a variação no fecho da sessão, seria o melhor desempenho da cotada desde 29 de Maio, sessão em que ganhou 17,86%.

 

Esta forte subida acontece depois de as acções terem registado seis sessões consecutivas sem somar valor, período em que acumularam uma desvalorização de 8,5%.

 

A reviravolta foi motivada pelo anúncio feio na quarta-feira de que o Governo  Governo argelino adjudicou ao agrupamento onde detém uma participação de 90,32%, uma obra com um valor de 137 milhões de euros.

 

Em comunicado à CMVM, a construtora diz que a empreitada tem como âmbito "a elaboração do projecto, bem como a realização das áreas de trabalho e de transferência, das infra-estruturas, das obras de construção civil e ainda o fornecimento e instalação de um elevador de barcos com uma capacidade de elevação superior a 9.000 toneladas e a respectiva formação de técnicos".

 

Acrescenta que "o prazo previsto para a execução da obra é de 29 meses e o valor total da empreitada ascende ao somatório de 96 milhões de euros e 4.513 milhões de dinares argelinos".

 

As acções da Teixeira Duarte acumulam uma subida de 86,56% desde o início do ano. 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

Contratos na ARGÉLIA donos da empresa a sair, deserto do Sara, muita areia não me está a cheirar a grande jogada, com os próprios donos a vender as ações ( cuidado com o cão) BAY BAY.

jj Há 4 semanas

A próxima bomba a rebentar é adivinhem??? os negócios da da Venezuela.....corrupção e buracos de centenas de milhões .....

DBRS : dia 20 de outubro + SUBIDAS de RATINGS Há 4 semanas



de HOJE a uma semana NOVA subida de RATINGS do MILENIUM BCP e de PORTUGAL dia 21 o BCP ultrapassará os 0.33

General Ciresp Há 4 semanas

Pois e,pois e.Agora o grupo Lena lambe as fridas provocadas pelas facadas dadas pelo ladrao44.Aproveitem-se os bons e o resto corda ao pescoco amarrado a uma enorme pedra e atiralos ao alto mar.So temos a ganhar.

Saber mais e Alertas
pub