Títulos financeiros e tecnológicos penalizam bolsas norte-americanas
17 Outubro 2012, 14:48 por Carla Pedro | cpedro@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
As praças do outro lado do Atlântico abriram em baixa, pressionadas sobretudo pelo Bank of America e pela Intel.
Depois de ontem terem sido sustentados pelos dados da produção industrial nos EUA, que aumentou mais do que o esperado, os principais índices de Wall Street estavam também hoje – antes da abertura oficial - a negociar no verde, animados pela construção de casas novas, que disparou para o nível mais alto dos últimos quatro anos.

No entanto, no arranque formal da negociação, a tendência é de ligeira baixa, com as quedas do Bank of America e da Intel a ofuscarem os bons dados económicos.

O índice industrial Dow Jones segue a ceder 0,34%, fixando-se nos 13.506,1 pontos, enquanto o Nasdaq perde 0,31% para 3.091,54 pontos.

O S&P 500, em contrapartida, consegue manter-se em terreno positivo, a somar 0,18% para 1.451,80 pontos.

Grande parte da banca está a ter um desempenho negativo, com destaque para o Bank of America, que cai depois de ter reportado uma queda de 95% dos seus lucros do terceiro trimestre.

Também a Intel segue a cair, penalizada pelo facto de ter estimado uma margem bruta para o quarto trimestre que ficou aquém das expectativas dos analistas. Ainda nas tecnologias, a IBM desvaloriza mais de 3% após anunciar receitas abaixo do esperado para o terceiro trimestre.

Do lado das subidas, PulteGroup e a Lennar Corp ganham mais de 1%, liderando o bom desempenho das empresas ligadas à construção de habitações.
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: