Bolsa Trump dá terceira semana seguida de quedas ao PSI-20

Trump dá terceira semana seguida de quedas ao PSI-20

O PSI-20 perdeu terreno em todas as três sessões posteriores à vitória de Donald Trump nas eleições dos Estados Unidos. No acumulado da semana o índice perdeu 2,26%.
Nuno Carregueiro 11 de Novembro de 2016 às 16:44

A bolsa nacional fechou em queda pela terceira sessão consecutiva, elevando as perdas na semana para 2,26%. Esta foi já a terceira semana consecutiva de perdas, o que já não acontecia desde Junho, período marcado pela instabilidade relacionada com o referendo no Reino Unido que resultou no Brexit.  


As quedas mais recentes são justificadas pelas eleições nos Estados Unidos, com o PSI-20 a concluir a terceira sessão consecutiva de quedas desde a noite em que Donald Trump ganhou as eleições nos Estados Unidos.


As últimas sessões têm sido marcadas pela forte volatilidade nos mercados bolsistas, com os índices a oscilarem entre ganhos e perdas. Em Lisboa a tendência foi quase sempre negativa, devido sobretudo às quedas do sector energético, penalizado pelos receios com as reduções de apoios às energias renováveis nos EUA.

Galp Energia penaliza PSI-20

 

Esta sexta-feira o PSI-20 fechou a cair 0,91% para 4.376,94 pontos, tendo ao longo da sessão tocado em mínimos desde Julho. Nas praças europeias a tendência também foi negativa, com vários índices a cederem mais de 1%, numa altura em que os investidores ainda tentam antecipar qual será o caminho de Donald Trump na liderança da maior economia do mundo.

 

A penalizar o índice português esta sexta-feira esteve a Galp Energia, que caiu 2,86% para 11,545 euros. A petrolífera acompanhou o sector, que foi penalizado pela queda acentuada dos preços do petróleo devido ao relatório da OPEP que dá conta de um aumento na produção do cartel. O brent em Londres desce mais de 3% e negoceia abaixo dos 45 dólares.

 

A EDP continuou a negociar com sinal negativo (caiu 1,07% para 2,67 euros) e a EDP Renováveis recuperou das fortes quedas das últimas sessões (subiu 1,59% para 5,823 euros). No acumulado da semana as duas cotadas registaram as quedas mais acentuadas no PSI-20, com a EDP Renováveis a descer 8,59% e a EDP a ceder 6,32%.

 

Ainda a penalizar o PSI-20 esta sexta-feira, a Jerónimo Martins caiu 1,29% para 14,88 euros, elevando as perdas na semana para 4,43%. A Mota-Engil cedeu 3,19% para 1,761 euros.     

 

A impedir maiores perdas no PSI-20 voltou a estar o BCP, que valorizou 4,97% para 1,2355 euros, continuando a beneficiar com o pedido de autorização da Sonangol para deter mais de 20% do BCP. No acumulado da semana o banco ganhou 6,05%.

 

A estrela da semana na bolsa portuguesa foi contudo a Sonae SGPS, que ganhou 6,88% depois de ter apresentado resultados considerados positivos pelos analistas. Esta sexta-feira as acções desceram 0,67% para 0,746 euros.    

 

(notícia actualizada às 16:58 com mais informação)




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Legru Há 4 semanas

"Trump dá terceira semana seguida de quedas ao PSI-20". - Título do artigo.
Como, se todas as previsões apontavam para a vitória de HC?
Quando muito seria o responsável pela queda das últimas 3 sessões.
Que o homem não caíu no goto dos nossos (e doutros) jornalistas já sabemos mas não vamos exagerar, está bem?

comentários mais recentes
xxx Há 4 semanas

É o Trump, é pois. A Mortágua, o Costa, o Jerónimo e o Centeno não têm nada a ver com isto. O PSI no valor mais baixo dos últimos 20 anos por causa do Trump. Pois. Isto é que é jornalismo!

Anónimo Há 4 semanas

O titulo desta noticia deveria ser Bolsa portuguesa atinge valor de 1996.

Anónimo Há 4 semanas

Uma estrela do PSI20,Sonae,sgps!

00SEVEN Há 4 semanas

O PSI desce porque é o resultado de uma economia anémica e das mais endividadas do mundo e uma grande desconfiança na geringonça que vai desengonçar-se com grande estrondo!
É uma questão de tempo e o prolongamento da agonia!
Já o DOW J atingiu o record de todos os tempos e todos os outros tais como o NASDAQ, AAPL, SBUX, NKE, YHOO sobem animados pelos investidores que demonstram grande confiança na administração Trump.
O PSI é uma gota de água no Oceano Pacífico!

ver mais comentários
pub