Taxas de juro Vítor Constâncio: Taxa de depósitos negativa só numa "situação extrema"

Vítor Constâncio: Taxa de depósitos negativa só numa "situação extrema"

A possibilidade de o Banco Central Europeu passar a taxa de juro dos depósitos para terreno negativo, possivelmente para -0,1%, está em cima da mesa e foi já admitida por um membro do BCE. No entanto, o vice-presidente da instituição veio hoje garantir que essa medida só será colocada em prática "numa situação extrema".
Vítor Constâncio: Taxa de depósitos negativa só numa "situação extrema"

"Não estamos perto de uma tomar essa decisão. É algo totalmente novo, e sem precedentes na Zona Euro. Assim, qualquer decisão terá que ser tomada com muita cautela e apenas numa situação extrema", afirmou Vítor Constâncio numa entrevista concedida esta quarta-feira, e citada pela agência Bloomberg. 

 

A declaração de Vítor Constâncio é feita uma semana após a Bloomberg ter noticiado que o Banco Central Europeu está a equacionar a descida da taxa de depósitos para terreno negativo, possivelmente para -0,1% (esta taxa está actualmente nos 0%).

 

Na prática, esta medida significa que o banco central passará a cobrar aos bancos quando estes lá "estacionam" liquidez. A confirmar-se, seria uma medida inédita e controversa, mas que poderia ajudar a estimular o crédito interbancário e à economia.

 

A possibilidade de o banco baixar a taxa de depósitos para terreno negativo foi admitida na passada sexta-feira, 22 de Novembro, pelo presidente do Banco Central da Estónia.

 

"As opções sobre as taxas de juro ainda não estão completamente esgotadas e há muitas outras medidas que ainda estão em cima da mesa", afirmou Ardo Hansson numa entrevista à Bloomberg, acrescentando que o kit de medidas existente pode ser usado a qualquer momento.

 

"Estamos tecnicamente preparados" para reduzir a taxa de juro dos depósitos, garantiu o responsável.

 

Apesar de este tema ter sido debatido, as fontes contactadas pela agência Bloomberg indicam que ainda não existe consenso para avançar com esta medida.

 

As "consequências indesejáveis" citadas por alguns observadores são a possível erosão da rendibilidade dos bancos, o que pode penalizar a sua capacidade de emprestar à economia. Alguns chegam mesmo a considerar que isto seria um "imposto" sobre a banca.

 

Por outro lado, outros especialistas consideram que esta pode ser uma arma importante para combater o risco de deflação na Zona Euro.




A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Luis Coelho 27.11.2013

Que belo ta(xo)cho! Este e o Barroso. Onde está a Divina Providência? ? ?

comentários mais recentes
Fernando de Deus 27.11.2013

Bandido ladrão cuidado com ele

Alberto Barbosa 27.11.2013

era só ir correr ao banco sacar amassa.

ex-cliente 27.11.2013

Pagar ao banco para correr o forte risco de ficar sem o dinheirinho!! No teu tempo de desgovernador do Bando de Portugal só MEGAS FRAUDES foram pelo menos 3 tornadas públicas as do BCP, BPP, BPN e provavelmente haverá mais debaixo do tapete. Não tenho dinheiro nos "bancos" nem aconselho ninguém a fazê-lo, pode vir o Vírus Chipre.

tuga, tu tens cada monte de mer~da para defender o teu c... 27.11.2013

tugazinho esta coisinha fofa acabou de orar ao paí, tem cara de quem só sabe fazer boche (entendes tugazinho); vai daí já esta a dizer que se tuga imbecil tem dinheiro no banco, vai acontecer-lhe igual ao Chipre, mais de mil euros no banco fica só com 500 euros; é assim que se faz no mundo dos pane~leiros, tuga paga para estas aberrações poderem orar ao pai, não é todos que podem comer o senhor, tu tuga só tens direito a ir a uma instituição religiosa e comer um pedaço de farinha amassada com água; enquanto estes senhores da UE (os pane~leiros dos poliíticos) até chupam o senhor, com o perigo de comer a precioso nervo do senhor, pois estes animais da UE são canibais; pobre senhor na bocas destas aberrações! beijinhos para essa maricada da UE!

ver mais comentários
pub