Bolsa Wall Street em alta à espera das minutas da Fed

Wall Street em alta à espera das minutas da Fed

A Reserva Federal norte-americana divulga esta tarde as minutas relativas à reunião de política monetária que decorreu nos dias 13 e 14 de Junho. As principais praças americanas, depois da pausa de ontem, voltam a negociar no verde
Wall Street em alta à espera das minutas da Fed
Reuters
Ana Laranjeiro 05 de julho de 2017 às 14:37

Depois da pausa registada ontem, por ser feriado no país, as bolsas norte-americanas voltam esta quarta-feira, 5 de Julho, à negociação. E em alta. O Dow Jones arrancou a sessão a subir 0,01% para 21.482,45 pontos, o Nasdaq cresce 0,12% para 6.117,285 pontos e o S&P500 soma 0,10% para 2.431,41 pontos.

O comportamento das principais bolsas norte-americanas tem lugar numa altura em que os investidores aguardam que a Reserva Federal norte-americana divulgue as actas relativas à reunião de política monetária que decorreu nos dias 13 e 14 de Junho.

"O mercado vai prestar especial atenção para ver se as minutas sugerem que a queda recente da inflação é ‘transitória’, e se a subida dos juros vai continuar nas cartas, a menos que a economia norte-americana desacelere", disse à Reuters Lukman Otunuga, analista da FXTN Research.

Além disso, refere a agência, os investidores estão atentos à cotação do petróleo, depois de a produção da matéria-prima entre a OPEP ter subido em Junho para o valor mais elevado do ano. O West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, desce 1,02% para 46,59 dólares por barril. E o Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e que serve de referência para as importações nacionais, desce 0,69% para 49,27 dólares.

Cerca de 15 minutos após o arranque da sessão, os títulos do Facebook subiam 0,45% para 149,10 dólares, a Apple cresce 0,36% para 144,02 dolares e a Alphabet (dona da Google) aprecia 0,66% para 925,57 dólares.

Na banca, o Goldman Sachs avança 0,33% para 228,02 dólares, o JPMorgan Chase cresce 0,24% para 92,97 dólares e o Bank of America valoriza 0,69% para 24,85 dólares.



(Notícia actualizada pela última vez às 14:51)




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
BCP=LIXO Há 3 semanas

Notação dada pela DBRS. Só tem o que merece. Qd cair para os 0,18€ ou menos, uma nova legião de BCP Patos nascerá das cinzas! http://www.jornaldenegocios.pt/mercados/obrigacoes/detalhe/dbrs-principal-desafio-do-bcp-e-o-ainda-elevado-nivel-de-credito-malparado?ref=_destaqueshomepage

Re: Re: se um banco FALIDO vale 1 EURO Há 3 semanas

Refira-se também que as contas do BCP Polaco não se misturam com a do português... o BCP português está falido e bem falido... sair do buraco em que se encontra não vai ser fácil, atendendo á conjuntura Portuguesa, Europeia e até Mundial...

Re: então mas a OPA não foi ao BCP Há 3 semanas

O banco BCP a abarrotar de lucros???? Aonde é que ouviu isso, na tasca da esquina??? Para a sua informação, só para suprir imparidades o BCP precisa mais de 5.000.000.000€! Só por aqui dá para ver que o BCP está provavelmente 7 a 10 vezes mais falido que o Montepio! Valhanos uma albarda!

se um banco FALIDO vale 1 EURO Há 3 semanas

QUANTO Não VALE O MILENIUM BCP + O MILENIUM POLACO se um pedaço de TRUMP vale 1 EURO UM DIAMANTE EM BRUTO VALE 3 EUROS

ver mais comentários
pub