Bolsa Wall Street em alta ligeira depois do Natal e Nasdaq em máximos

Wall Street em alta ligeira depois do Natal e Nasdaq em máximos

As principais praças norte-americanas abriram a primeira sessão pós-festejos de Natal a negociar com ganhos ligeiros, apoiadas pela subida do preço do petróleo e pelos sinais positivos da economia chinesa. O índice tecnológico atingiu novo máximo de sempre.
Wall Street em alta ligeira depois do Natal e Nasdaq em máximos
David Santiago 27 de dezembro de 2016 às 14:38

Depois da interrupção para os festejos natalícios, Wall Street regressou à negociação bolsista em alta ligeira. O índice industrial Dow Jones abriu a sessão desta terça-feira, 27 de Dezembro, a subir 0,13% para 19.958,91 pontos, tal como o tecnológico Nasdaq Composite que iniciou o dia a ganhar 0,14% para 5.470,35 pontos. Entretanto o Nasdaq tocou nos 5.509,563 pontos, valor que representa um novo máximo histórico deste índice tecnológico.

 

Já o Standard & Poor’s 500 começou o dia a apreciar 0,12% para 2.266,55 pontos, numa semana normalmente marcada pela reduzida liquidez, em que muitos investidores estão fora dos mercados até ao início do próximo ano.

Em maior destaque entre as cotadas integradas no Nasdaq Composite está a Memorial Production Partners ao disparar mais de 33%, a Capnia a somar acima de 21%, além da Alliqua Biomedical a valorizar mais de 16,5%.

 

Os investidores norte-americanos estão, ainda assim, atentos à possibilidade de eventos que possam impulsionar o Dow Jones a ultrapassar pela primeira vez a barreira dos 20 mil pontos. Este índice tem vindo a beneficiar do optimismo do mercado em torno do plano económico do presidente eleito Donald Trump, que pretende avançar com uma forte aposta na construção e actualização de infra-estruturas.

 

A contribuir para os ganhos ligeiros neste começo de sessão está o sector petrolífero numa altura em que o preço do petróleo continua a valorizar nos mercados internacionais. Isto a uma semana de entrar em vigor o acordo alcançado pelos países exportadores de petróleo (OPEP) para cortar a produção petrolífera do cartel. A Chevron abriu o dia a crescer ténues 0,05% para 118,48 dólares e a Exxon a subir ligeiros 0,09% para 90,79 dólares.

 

Para esta terça-feira à tarde está prevista a divulgação de novos dados sobre a confiança dos consumidores, cujo índice terá atingido os 109 pontos em Dezembro, depois de se ter fixado em 107,1 pontos em Novembro.

 

Também a animar Wall Street está o melhor desempenho do sector industrial chinês, que registou o maior aumento dos lucros, em Novembro, nos últimos três meses, o que parece indiciar que a segunda maior economia mundial está a ganhar robustez depois de um ano marcado pelos sinais de arrefecimento económico.


(Notícia actualizada às 14:55 com inclusão do máximo intradiário atingido pelo Nasdaq)




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Certas oportunidades só aparecem algumas vezes na vida...! Alcançar inglês fluente do zero em pouco tempo abre muitas portas de oportunidades e pode ser alcançado nesse treinamento gratuito no youtube (https://youtu.be/0KyNBmEup9k). Fantástico!

pub