Bolsa Wall Street em queda com conclusões da Fed

Wall Street em queda com conclusões da Fed

As bolsas dos Estados Unidos estão a reagir em baixa ligeira à possibilidade de uma nova subida dos juros este ano e aos planos da Fed para começar a reduzir o balanço já em Outubro.
Wall Street em queda com conclusões da Fed
Reuters
Rita Faria 21 de setembro de 2017 às 14:37

Os principais índices norte-americanos abriram em queda ligeira esta quinta-feira, 21 de Setembro, depois de a Reserva Federal ter sinalizado que poderá subir os juros pela terceira vez este ano, apesar da inflação persistentemente baixa.

 

Após nove sessões consecutivas de ganhos, o Dow Jones desce 0,02% para 22.408,66 pontos, enquanto o S&P500 cai 0,08% para 2.506,18 pontos, na primeira sessão de perdas em cinco. Ambos os índices atingiram novos máximos históricos na sessão de ontem.

 

Já o Nasdaq, que ontem encerrou no vermelho, recua 0,20% para 6.443,16 pontos.

 

Tal como era esperado, a Reserva Federal anunciou um plano para começar a reduzir o seu balanço de mais de 4 biliões de dólares já em Outubro, o que significa, na prática, que começará a reduzir o ritmo do reinvestimento de activos que foram adquiridos nos antigos programas de compras.

 

Ainda que os juros tenham sido mantidos no intervalo entre 1% e 1,25%, a Reserva Federal citou o baixo desemprego, o crescimento económico e a subida do investimento das empresas para justificar a possibilidade de uma nova subida dos juros ainda este ano.

 

O mercado aponta agora para uma probabilidade de 70% de o banco central anunciar um aumento na reunião de Dezembro, acima de 50% antes da reunião de ontem.

 

Antes da abertura do mercado, foi revelado que o número de pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos desceu inesperadamente para 259 mil. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
zap Há 1 dia

por cá o bcp o maior cancro da bolsa depois de estar a valorizar2,41% já começou a fase descendente já só valoriza 1,6% e está mesmo a preparar o mergulho cada vez que se aproxima o fecho da sessão,o bcp cancro é sempre assim o ceo triturou em AC 7Biliões euros,bcp/shorta/chinoca o micro acionistas

pub