Bolsa Wall Street recua com degradação do mercado de trabalho

Wall Street recua com degradação do mercado de trabalho

As principais praças americanas iniciaram a sessão em queda numa altura em que Wall Street procura novos catalisadores de ganhos agora que se aproxima do final a época de apresentação de resultados. Aumento acima do esperado de pedidos de subsídios de desemprego penaliza.
Wall Street recua com degradação do mercado de trabalho
Jeff Christensen/Reuters
David Santiago 09 de novembro de 2017 às 14:34

Depois de terem encerrado em alta na sessão de quarta-feira, os principais índices bolsistas norte-americanos começaram a negociação desta quinta-feira em queda ligeira, com o Dow Jones a recuar 0,44% para 23.460,04 pontos, o Nasdaq Composite a perder 0,76% para 6.737,648 pontos, e o Standard & Poor’s 500 a resvalar 0,52% para 2.580,99 pontos.

Depois de semanas a acumular ganhos com Wall Street a renovar máximos de sempre, agora os investidores tentam descortinar novos factores que possam estimular subidas em bolsa das cotadas, isto numa altura em que se reforça novamente o cepticismo em torno do plano de corte de impostos do Partido Republicano.

Nesta altura existem dois planos de cortes de impostos em paralelo, um na Câmara dos Representantes e outro no Senado, o que poderá dificultar a aprovação final de um documento que a administração americana liderada por Donald Trump garante que potenciará o crescimento económico e a criação de emprego.

Também a pressionar Wall Street está o aumento do número de novos pedidos de subsídios de desemprego que na semana finda em 28 de Outubro cresceu para 239 mil, uma subida que superou as estimativas dos analistas consultadas pela agência Reuters que esperavam um aumento para apenas 231 mil. A semana anterior tinha terminado com 229 mil pedidos.

Os investidores estão também atentos à divulgação de resultados que hoje será feita por importantes cotadas já depois do fecho de Wall Street, entre as quais se contam a Walt Disney, a News Corp e a Nvidia.

 

A pressionar neste início de sessão está a Kohl’s, que desliza 6,06% para 38,32 dólares depois de a cadeia de roupa ter falhado a meta para os lucros no terceiro trimestre.

Também a Nvidia cai 2,65% para 203,62 dólares antes de reportar resultados. 

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub