Bolsa Wall Street regressa a recordes com banca a sustentar

Wall Street regressa a recordes com banca a sustentar

As bolsas norte-americanas encerraram no verde, com o Nasdaq e o Dow Jones de novo em máximos históricos, com o testemunho do ex-director do FBI no Senado a ter pouca influência na negociação.
Wall Street regressa a recordes com banca a sustentar
Reuters
Carla Pedro 08 de junho de 2017 às 21:35

O Dow Jones fechou a sessão desta quinta-feira a somar 0,04% para 21.182,53 pontos, tendo na negociação intradiária estabelecido um novo máximo histórico nos 21.265,69 pontos.

 

Também o tecnológico Nasdaq Composite estabeleceu o valor mais alto de sempre a meio da jornada, nos 6.324,06 pontos, tendo depois encerrado a ganhar 0,39% para 6.321,76 pontos – o que constituiu um recorde de fecho.

 

Por seu lado, o Standard & Poor’s 500 valorizou muito marginalmente, ao avançar 0,03%, tendo terminado a valer 2.433,79 pontos – sem bater o seu máximo histórico marcado no passado dia 2 nos 2.440,23 pontos.

 

James Comey, ex-director do FBI que foi demitido por Donald Trump, esteve hoje numa audição perante o Senado norte-americano e disse que foi afastado por se recusar a largar as investigações sobre as ligações da Administração Trump à Rússia, mas não acusou o presidente de obstrução à Justiça.

 

O testemunho de Comey já tinha sido antecipado ontem e não trouxe surpresas, não tendo também tido grande impacto nos mercados financeiros, sublinha a Bloomberg.

 

O sector que mais ajudou ao bom desempenho de Wall Street foi o da banca, que continua a beneficiar do aumento dos juros das Obrigações do Tesouro a 10 anos.

 

Os títulos da energia continuaram a ter uma má performance generalizada devido à contínua queda dos preços do petróleo.

 

Os investidores continuam atentos às eleições no Reino Unido, onde as urnas encerram às 22:00 (mesma hora em Lisboa), à espera de saber quem vai ganhar as eleições gerais – tudo apontando para que seja a actual primeira-ministra, Theresa May.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
APOSTAR AMANHA Há 2 semanas

AMANHA APOSTAR FORTE NA NAVIGATOR, J. MARTINS, ALTRI,

pub