Bolsa Wall Street em queda após BCE manter política monetária

Wall Street em queda após BCE manter política monetária

No dia em que o BCE decidiu manter a política monetária na Zona Euro, com o programa de compra de activos inalterado, as principais praças norte-americanas reagiram negativamente. O aumento dos pedidos de subsídio de desemprego também penaliza.
Wall Street em queda após BCE manter política monetária
Reuters
David Santiago 20 de Outubro de 2016 às 14:45

O índice industrial Dow Jones iniciou a sessão bolsista desta quinta-feira, 20 de Outubro, a recuar 0,16% para 18.173,99 pontos, tal como o tecnológico Nasdaq Composite que começou o dia a perder 0,15% para 5.238,301 pontos.

 

Também o Standard & Poor’s 500 abriu a sessão a deslizar 0,1% para 2.142,41 pontos.

 

A penalizar o sentimento em Wall Street está a decisão hoje anunciada pelo Banco Central Europeu (BCE) de não alterar nem as taxas de juro na Zona Euro nem o montante do programa mensal de compra de activos.


A instituição presidida por Mario Draghi manteve assim a taxa de referência em 0% e a taxa de depósitos em -0,40%, enquanto o programa de "quantitative easing" também permanecerá inalterado no montante mensal de 80 mil milhões de euros. Draghi disse depois, em conferência de imprensa, que as perspectivas económicas continuam a apresentar riscos pelo que o BCE reiterou a disponibilidade para reforçar, se necessário, o seu programa de estímulos económicos. 

 

Também a pressionar as bolsas norte-americanas está a divulgação de um novo dado sobre o mercado laboral dos Estados Unidos. Depois de duas semanas consecutivas no nível mais baixo em 40 anos, o número de pedidos de subsídio de desemprego registou na semana finda em 15 de Outubro, a maior subida desde Julho, crescendo em 13 mil para um total de 260 mil pedidos, revelou o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos. 

A pressionar o sentimento em Wall Street está também o sector petrolífero, isto numa altura em que o preço do petróleo segue em forte queda nos mercados internacionais. Em Nova Iorque, o West Texas Intermediate segue a cair 1,92% para 50,61 dólares por barril, o que contribuiu para um início de sessão com a Chevron a resvalar 0,85% para 101,40 dólares e a Exxon a desvalorizar 0,53% para 86,71 dólares. 

Nota negativa ainda para a American Airlines que começou o dia a perder 0,84% para 40,2901 dólares depois de os lucros da operadora aérea no terceiro trimestre terem superado as expectativas dos analistas. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas


Um governo de ladrões

PS . BE . PCP - ESTRAGAM A VIDA A 9 MILHÕES DE PORTUGUESES

Para dar mais dinheiro e privilégios a 1 milhão de FP e seus pensionistas.

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas


Um governo de ladrões

AS CLASSES SOCIAIS EM PORTUGAL:

1. Burguesia = Patrões

2. Nobreza = FP e seus pensionistas

3. Povo = Trabalhadores e pensionistas do privado (que são tratados como escravos e roubados para sustentar as 2 classes privilegiadas)

Anónimo Há 2 semanas


Um governo de ladrões

PS . BE . PCP - ESTRAGAM A VIDA A 9 MILHÕES DE PORTUGUESES

Para dar mais dinheiro e privilégios a 1 milhão de FP e seus pensionistas.

pub
pub
pub
pub