Bolsa Wall Street fecha em alta animada pelos resultados

Wall Street fecha em alta animada pelos resultados

Alguns dos resultados que têm sido apresentados pelas cotadas têm superado as estimativas dos analistas. Os investidores aplaudem, o que resultou numa subida das bolsas nos Estados Unidos.
Wall Street fecha em alta animada pelos resultados
Reuters
Alexandra Machado 18 de Outubro de 2016 às 21:23

As bolsas norte-americanas fecharam a sessão de terça-feira, 18 de Outubro, em alta, animadas pelos alguns dos últimos resultados apresentados, acima das estimativas dos analistas.

O índice S&P 500 fechou em alta de 0,62%, para 2.132 pontos, na sua melhor sessão do mês, enquanto o Dow Jones valorizou 0,42% para 18.161 pontos. Já o Nasdaq encerrou com ganhos de 0,85% para 5.243 pontos.

A Goldmans Sachs, que apresentou resultados a subir 47% no terceiro trimestre deste ano e as receitas a superarem as estimativas, ganhou 2,15%. Também o Netflix, cujos resultados foram conhecidos na segunda-feira, teve uma subida expressiva de 19,03%. A UnitedHealth valorizou 6,9%, o que levou a que o sector tivesse uma subida de 1,1%, apesar da queda de 2,6% da Johnson & Johnson. 

Das 52 cotadas do S&P 500 que já reportaram resultados do terceiro trimestre, 81% apresentaram contas acima das esperadas, de acordo com a Thomson Reuters. Pelo que se espera, agora, um crescimento nos lucros trimestrais de 0,2%, o que colocaria um ponto final do decréscimo de lucros trimestrais que começou no terceiro trimestre de 2015. Segundo a Reuters, poderá mesmo ser a primeira vez desde o quarto trimestre de 2014 que tanto os resultados como as receitas das companhias do S&P 500 crescem.

Já nas quedas, a IBM teve uma descida de 2,6% depois de anunciar pelo 18.º trimestre consecutivo perda de receitas. A Intel subiu 1,5%, impulsionada por uma avaliação mais positiva pelo Barclays, mas no pós-mercado as acções caíram 3,3% por causa dos resultados.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub