Bolsa Wall Street no vermelho à espera de novos dados sobre produção industrial

Wall Street no vermelho à espera de novos dados sobre produção industrial

Depois da recuperação conseguida na última sessão da semana passada, as principais praças norte-americanas regressaram às perdas numa altura em que os investidores estão expectantes pela divulgação dos dados da produção industrial.
Wall Street no vermelho à espera de novos dados sobre produção industrial
Reuters
David Santiago 03 de Outubro de 2016 às 14:42

O índice industrial Dow Jones iniciou a primeira sessão bolsista desta semana a recuar 0,44% para 18.228,03 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq Composite começou esta segunda-feira, 3 de Outubro, a perder 0,27% para 5.297,531 pontos.

 

Já o Standard & Poor’s 500 abriu a sessão a resvalar 0,4% para 2.160,71 pontos, isto depois de este índice ter fechado o mês de Setembro com uma desvalorização de 0,1%.

 

O sentimento verificado em Wall Street segue-se à recuperação conseguida pelos principais índices bolsistas norte-americanos na sessão da passada sexta-feira, um dia em que a recuperação da banca europeia apoiou os ganhos registados. Na sessão de sexta-feira registaram-se as maiores subidas em Wall Street em mais de oito semanas, comportamento que se seguiu à queda para valores próximos de mínimos de dois meses.

 

A condicionar as negociações esteve um atenuar das preocupações em torno do Deutsche Bank, propiciado pela notícia avançada pela AFP de que a multa exigida pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos ao banco alemão pode ser menor que o inicialmente avançado.

 

No entanto, esta segunda-feira os investidores norte-americanos estão sobretudo atentos aos números relativos à actividade industrial, que serão conhecidos ainda esta tarde. Também para esta semana está agendada a divulgação dos dados das encomendas às fábricas e da evolução dos salários, permitindo aferir com maior segurança o grau de recuperação da maior economia mundial.

Isto numa altura em que se aproxima o início não oficial da apresentação de resultados trimestrais por parte das cotadas norte-americanas, que deverá arrancar dentro de cerca de uma semana. 
Na reunião realizada no mês passado, a Reserva Federal dos Estados Unidos optou por esperar pelo surgimento de dados económicos mais robustos antes de tomar qualquer decisão final sobre uma nova subida dos juros.


(Notícia actualizada às 14:43)




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub